Sinead O'Connor ameaça 'cometer suicídio': 'eu tomei uma overdose'



Á esquerda, Sinéad O'Connor em evento em 2011; à direita, a cantora na capa do disco de 2014 (Foto: AFP e Divulgação)Á esquerda, Sinéad O’Connor em evento em 2011; à direita, a cantora na capa do disco de 2014 (Foto: AFP e Divulgação)

A cantora irlandesa Sinead O’Connor aparentemente tentou cometer suicídio neste domingo (29), depois de publicar uma mensagem em sua página do Facebook na qual relatou que tomou uma “overdose”.

No texto, que não teve a autenticidade comprovada até o momento, a cantora expressa a dor por não ter nenhuma relação com sua família em consequência de uma “horrível série de traições”.

“Eu tomei uma overdose”, afirma a mensagem. “Não há outra maneira para conseguir respeito. Não estou em casa, estou em um hotel, em algum lugar da Irlanda, com outro nome. Se não publicasse esta mensagem, meus filhos e minha família nem sequer descobririam. Eu poderia estar morta há semanas, e eles não saberiam”, completou.

Nenhum representante da empresa de relações públicas que cuida da carreira de O’Connor foi localizado para comentar a notícia. Um porta-voz da polícia se recusou a comentar, mas uma fonte policial disse à AFP que a cantora foi “localizada em segurança”.

A imprensa local informou que a artista está recebendo atendimento médico.

Sinead O’Connor cancelou há alguns meses uma série de apresentações porque seu filho tinha “problemas de saúde que poderiam colocar sua vida em risco”. Em agosto, ela havia sofrido uma histerectomia – retirada do útero –, que ela revelou nas redes sociais.

Neste sábado (28), em outro post no Facebook, ela tinha citado rompimento com a indústria musical: “A música acabou para mim. A música fez isto. Me tornou invisível inclusive para os meus filhos. Matou minha alma. Eu nunca vou voltar à música”.

A artista, de 48 anos, famosa por suas opiniões veementes sobre vários temas, como os direitos da mulher e os abusos cometidos por integrantes da Igreja Católica, já falou diversas vezes em público sobre sua luta contra a depressão.

Sinead O’Connor foi aclamada pela crítica em seu primeiro álbum, “The lion and the cobra” (1987), e ganhou fama mundial com a canção “Nothing compares 2 U”, uma composição de Prince.





Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *