Uma pequena ilha nasceu a partir da erupção de um vulcão no Japão


As ilhas Ogasarawa, no sul do Japão, são belas e geologicamente ativas. Em 2013, membros da marinha japonesa detectaram um “ponto quente” entre as ilhas, próximo ao vulcão Nishinoshima. Eles encontraram uma nova e pequena ilhota ao sul do vulcão principal.

Os pesquisadores descreveram a descoberta na Geology. A ilha começou com o que é conhecido como erupção surtseiana – uma erupção subaquática relativamente violenta de basalto fundido. Isso acabou gerando um cone de lava resfriada, que impediu a água de chegar ao local da erupção. Ela se tornou uma erupção estromboliana – uma série de pequenas erupções moderadas e secas que criam rochas com o passar do tempo.

ilha-japao-2

O resultado é uma pequena ilha que parece meio que um cérebro exposto flutuando na água, graças ao fluxo estranho de lava. É essa tubulação diferente que interessa aos geólogos. Eles foram estudar “o desenvolvimento de lobos e tubos de fuga e bifurcações… que alimentavam a lava até a frente de fluxo ativo.” Em vez de um fluxo direto a partir do vulcão até o mar, a lava tomou caminhos tortuosos a partir do vulcão até a frente do fluxo, quando resfriou e se tornou pedra.

E agora, quem vai dar o nome para a ilha?

[Geology]



Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *