Nova placa de vídeo mais barata é a arma da AMD para a realidade virtual


A AMD sofre forte concorrência nos dois principais mercados em que atua: da Intel em processadores, e da Nvidia em placas de vídeo. Ela está reagindo nos dois fronts com uma estratégia principal: preços baixos.

A nova placa de vídeo AMD Radeon RX 480 é pensada para a realidade virtual e custará apenas US$ 199 quando for lançada em junho. Ela tem mais de 5 teraflops em poder de computação, desempenho próximo à Nvidia GTX 1070 – que sai por US$ 379.

A RX 480 tem certificação para ser usada com o Oculus Rift e o HTC Vive, principais headsets de realidade virtual no mercado. Haverá versões com 4 GB e 8 GB de VRAM, e elas terão a arquitetura AMD Polaris – que usa um processo de fabricação de 14nm para gerar menos calor. O TDP – máximo de energia dissipada – é de 150W, contra 190W no modelo equivalente do ano passado (R9 380).

amd radeon rx 480 (1)

Claro, também é possível usar duas placas RX 480 conectadas via CrossFire; em uma demonstração, elas foram mais rápidas que a GTX 1080 – top de linha da Nvidia – ao rodar Ashes of Singularity. Vale lembrar que duas RX 480 são mais baratas que uma GTX 1080 (que custa US$ 599).

As placas da AMD chegaram a 62,5 fps usando pouco mais da metade de sua capacidade total, enquanto a placa da Nvidia só chegou a 58,7 fps e estava próxima dos 100%. Claro, como o jogo foi otimizado pela AMD, teremos que esperar por benchmarks do mundo real para um julgamento definitivo.

A AMD tem 23% do mercado de placas de vídeo, contra 77% da Nvidia, segundo a Mercury Research. Em chips gráficos para laptop, a participação é maior: 39%.

amd radeon rx 480 (2)

Durante a feira Computex, a AMD também aproveitou para anunciar sua nova linha de processadores para laptops. A sétima geração do AMD FX, top de linha da empresa, promete desempenho de CPU 51% maior e performance gráfica 53% maior que o Core i7 móvel mais rápido. Ele também usa 12% menos energia que a geração anterior.

Também temos os processadores A12 e A10, para concorrerem com diferentes versões do Core i5/i7; o A9, para competir com o Core i3; e chips A6 e E2 para o low-end. Eles já estão sendo usados pela Dell, HP, Asus e Lenovo em laptops que serão lançados ainda este ano.

A AMD terminou o ano passado com 12,1% do mercado de processadores x86, perdendo ainda mais espaço para a Intel – que chegou a 87,7%.

[EngadgetAnandtech – Engadget]



Source link

Londres quer reduzir poluição usando carros elétricos em entregas



As compras online permitem que as pessoas consigam o que precisam sem ter que sair de casa para buscar, diminuindo o número de deslocamentos necessários. Mas o aumento do volume de entregas também contribui para a emissão de gases poluentes, uma vez que a maioria delas são feitas com o uso de veículos motorizados. Em Londres, a expectativa é de que a frota de vans que realizam esse serviço cresça 20% nos próximos 15 anos.

Continue lendo no Outra Cidade: http://outracidade.com.br/londres-quer-reduzir-poluicao-com-frota-de-carros-eletricos-para-entregas/

Veja mais sobre



Source link

Imagem registra o belo nascimento de uma nova estrela



Bem-vinda ao Universo, IRAS 14568-6394. Infelizmente, ainda não há um nome fácil para este objeto estelar em particular, porque ele é tão novo que ainda não foi batizada.

>>> Quatro raios laser vão criar as estrelas falsas mais potentes do mundo
>>> Astrônomos estão testemunhando pela primeira vez o nascimento de um planeta

Esta imagem da ESA (Agência Espacial Europeia, da sigla em inglês) mostra uma estrela jovem envolta em um véu dourado de luz. Eventualmente, o gás que ela está emitindo — em velocidades que ultrapassam a velocidade do som — queimará entre nuvens de poeira e gás, revelando a estrela em toda sua glória. Talvez, quando isso acontecer, ela terá um nome.

A estrela, que está a pelo menos 2.280 anos luz de distância, foi fotografada pelo telescópio Hubble em luz visível e infravermelho. Há outras novas estrelas na mesma região — que é conhecida como complexo de nuvem molecular Circinus. Nos próximos séculos, essas estrelas formarão uma brilhante constelação que, com certeza, maravilhará nós, terráqueos.

[ESA]

Imagem do topo por ESA/Hubble & NASA 



Source link

Mallu Magalhães fará shows da turnê 'Saudade' no Rio e em SP



A cantora Mallu Magalhães (Foto: Divulgação)A cantora Mallu Magalhães (Foto: Divulgação)

A cantora Mallu Magalhães anunciou que fará uma breve turnê solo, com apenas voz e violão, no Brasil e em Portugal.

Ela tocará em São Paulo no dia 27 de agosto, no Tom Brasil, e no Rio de Janeiro, dia 2 de setembro, no Vivo Rio. Os ingressos já estão à venda.

O repertório será uma mistura de músicas que Mallu cantava em suas primeiras aparições, canções do disco “Pitanga” e Banda do Mar, parceria da cantora com Marcelo Camelo e Fred Ferreira. A apresentação também relembrará parcerias que fazem parte da sua carreira.

“Misturo duas saudades. A pura saudade da música, do palco e do público, que mora na pele e rege meus planos, que explode ideias e canções. Essa vem com um tanto das memórias dos primeiros shows, cantando inglês e errando as letras, sozinha no palco, com um violão que nunca afinava e uma gaita esganiçada”, diz Mallu, em comunicado.

“A outra saudade, aquela que aperta, aquela que é uma ferida que se deixa cicatrizar por cima (mas só por cima), aquela que dói quando, por acaso, alguma coisa ali encosta. É a falta. A falta da família, do entorno, dos amigos e conhecidos. É uma saudade irmã do tempo e prima da coragem. É isso. Aqui vou eu. Vou armada de duas saudades e um violão (que, desta vez, afina)”, completa.

Em dezembro do ano passado, Mallu deu à luz Luisa, sua filha com Marcelo Camelo. Atualmente, eles moram juntos em Portugal e integram a Banda do Mar. Em 2017, Mallu lançará seu quarto disco de inéditas.





Source link

A amizade entre Xiaomi e Microsoft acaba de ficar ainda mais forte



A Xiaomi comprou cerca de 1.500 patentes da Microsoft e vai licenciar mais outras, além de pré-instalar o Office e o Skype em seus dispositivos. As duas empresas dizem que este é o início de uma parceria de longo prazo.

>>> Xiaomi não vai lançar novos smartphones no Brasil tão cedo, mas nega saída

A partir de setembro, os smartphones Xiaomi Mi 5, Mi Max, Mi 4s, Redmi Note 3 e Redmi 3 virão pré-carregados com o Microsoft Word, Excel, PowerPoint, Outlook e Skype.

As patentes, segundo o Re/code, são relacionadas a “comunicações sem fio, vídeo, nuvem e multimídia”. O vice-presidente sênior Wang Xiang diz à Reuters que isso é “um importante passo para sustentar nossa expansão internacionalmente”. Elas podem ser úteis para a Xiaomi estrear em outros países sem (tanto) medo de ser processada pela concorrência.

A empresa já vende produtos nos EUA, por exemplo, porém são apenas acessórios – a Mi Band, a Mi Power Bank e fones de ouvido. Durante a conferência Google I/O, a empresa anunciou que a Mi Box – uma set-top box com Android TV e suporte a 4K – chegará aos EUA também.

A Xiaomi quer se expandir para novos mercados pois está sob pressão após não crescer tanto quanto o esperado – ela precisa justificar seu valor de mercado de US$ 45 bilhões. A empresa tinha uma meta de 100 milhões de smartphones para o ano passado, que foi reduzida para 80 milhões. Segundo a IDC, ela vendeu 70,8 milhões de unidades.

Enquanto isso, a Microsoft vem mudando sua estratégia em smartphones, com maior foco em apps para plataformas de terceiros, como iOS e Android. A Xiaomi é a quinta maior fabricante de smartphones no mundo, e pode aumentar a base de usuários do Office se ele vier embutido em seus dispositivos. A Microsoft também tem um acordo semelhante com a Samsung, maior fabricante global de smartphones, e com a Cyanogen.

Microsoft e Xiaomi já trabalhavam juntas antes. Existe uma compilação do Windows 10 Mobile para substituir o Android no smartphone Mi 4; há uma versão do Mi Pad 2 que roda Windows 10, em vez de Android; e o serviço Mi Cloud usa a infraestrutura de nuvem Microsoft Azure.

[MicrosoftTechCrunchReutersRe/code]



Source link

Manoel Ferreira, autor de marchinhas de Carnaval, morre em Santos



O casal de compositores de marchinhas de carnaval Manoel Ferreira e Ruth Amaral, em foto publicada no Facebook em julho de 2013; dentre seus hits, estão 'Pipa do vovô', 'Transplante corintiano' e 'A bruxa vem aí' (Foto: Divulgação)O casal de compositores de marchinhas de carnaval Manoel Ferreira e Ruth Amaral, em foto publicada no Facebook em julho de 2013; dentre seus hits, estão ‘Pipa do vovô’, ‘Transplante corintiano’ e ‘A bruxa vem aí’ (Foto: Divulgação)

O compositor Manoel Ferreira, conhecido por marchinhas de Carnaval como “A bruxa vem aí”, “Pipa do vovô”, “Gigi” e “Me dá um gelinho”, morreu na noite desta terça-feira (31) em Santos,  informa a assessoria de imprensa do SBT. Ele estava internado na Beneficência Portuguesa  e teve insuficiência renal. O velório começou às 8h no mesmo hospital. O enterro está marcado para as 16h deta terça em local ainda a ser divulgado.

Alguns dos principais sucessos de Manoel Ferreira, que compunha em dupla com a mulher, Ruth Amaral, foram gravados por Silvio Santos.

O casal, que morava no bairro da Pompeia, em São Paulo, escreveu mais de 200 marchinhas. Em entrevista ao G1 em 2009, época em que ainda continuava na ativa, Ruth lembrou o início da parceria, que começou em 1958.

“O Manoel estava com o sucesso ‘Como vai’ e veio cantar no mesmo programa que eu. Depois começamos a fazer shows juntos e foi nascendo uma amizade. Nos casamos e, no ano passado [2008], completamos 50 anos de casamento”, afirmou.

Na época, Manoel costumava ir até a avenida São João, no Centro de São Paulo, convencer os cantores a gravar suas músicas. “Eu sou do tempo, agora lembrando a gente dá risada, que parávamos um cantor na rua e apresentávamos a música batendo em uma caixinha de fósforo”.

Manoel e Ruth diziam que suas marchinhas contrariaram a noção de que só o Rio lançava músicas de Carnaval. “Naquela época, o compositor paulista não tinha vez. Os compositores cariocas gravavam as músicas lá, mandavam o sucesso para São Paulo, que depois tomava conta do Brasil. São Paulo era um carnaval interno, não saía daqui. Eu acabei quebrando essa barreira e fui muito feliz”, afirmou Manoel.

O compositor escreveu “Transplante corintiano”, um de seus principais hits, justamente para a esposa. “Nós gostamos de todas, mas ‘Transplante corintiano’ é nossa força”, reconheceu Ruth na entrevista ao G1.





Source link

Pedro Mariano traz show com banda e orquestra a Brasília nesta sexta



O cantor Pedro Camargo Mariano, que se apresenta nesta sexta (3) no Teatro na Unip, em Brasília (Foto: Dani Gurgel/Divulgação)O cantor Pedro Camargo Mariano, que se apresenta nesta sexta (3) no Teatro na Unip, em Brasília
(Foto: Dani Gurgel/Divulgação)

O Teatro da Unip, em Brasília, recebe nesta sexta (3) o show “Pedro Mariano e orquestra”, em que o músico sobe ao palco acompanhado da banda dele e de músicos das cidades onde se apresenta. O espetáculo acontece às 21h30, e os ingressos custam de R$ 50 a R$ 100.

O projeto sinfônico está na estrada desde 2014, quando foi lançado um CD/DVD gravado ao vivo no Teatro Alfa, em São Paulo.

A banda de Pedro Mariano é formada por Conrado Goys (guitarra e violão), Luis Gustavo Garcia (baixo), Marcelo Elias (piano e teclado) e Thiago Rabello (bateria).

O show tem ainda a participação especial de Otávio de Moraes, Maestro e diretor musical do espetáculo.

O repertório traz músicas como “Simplesmente”, de Samuel Rosa e Chico Amaral, “Pra você dar o nome”, de Tó Brandileone, “Simples”, de Jair Oliveira, e “Na medida da paixão”, de Lenine. “Sem você sou não”, de Jair Oliveira, e “Um pouco mais perto, de Ana Carolina, Chiara Civello e Edu Krieger, são as duas inéditas.

Pedro Mariano durante show com orquestra (Foto: Dani Gurgel/Divulgação)Pedro Mariano durante show com orquestra
(Foto: Dani Gurgel/Divulgação)

Sucessos da música brasileira, como “Pontos cardeais”, de Ivan Lins, “Certas coisas, de  Lulu Santos, “Sangrando”, de Gonzaguinha, “Você”, de Roberto Carlos, e “Faltando um pedaço”, de Djavan, também estão no show.

Filho da cantora Elis Regina com o pianista Cesar Camargo Mariano e irmão de Maria Rita, Pedro iniciou a vida nos palcos aos 12 anos. A primeira gravação em um trabalho fonográfico aconteceu em 1995, no projeto “João Marcello Bôscoli & cia”, do irmão dele por parte de mãe.

Ao longo de mais de duas décadas, ele trabalhou com diversos nomes da música brasileira, entre composições e participações. Entre os artistas estão Lenine, Lulu Santos, Luciana Mello, João Bosco, Jair Rodrigues, Toninho Horta, Sandy, Wilson Simoninha e Roupa Nova.

O primeiro CD dele foi lançado em 1997. Desde então, foram nove trabalhos fonográficos, entre eles “Voz no ouvido”, álbum lançado em 2000 e alcançou a marca de 100 mil cópias vendidas.

Show Pedro Mariano e Orquestra

Local: Teatro da Unip
Endereço: SGAS quadra 913, s/n, conjunto B – Asa Sul
Data: sexta (3)
Horário: 21h30min
Ingressos: de R$ 50 a R$ 100





Source link