'Tento acompanhar os passos do rei Roberto Carlos', diz Wesley Safadão



O cantor Wesley Safadão, atração deste sábado (6) na Prainha da Asbac, em Brasília (Foto: Lino Vieira/Divulgação)O cantor Wesley Safadão, atração deste sábado (6) na Prainha da Asbac, em Brasília
(Foto: Lino Vieira/Divulgação)

Wesley Safadão é um dos cantores de maior sucesso no Brasil. A média de 25 shows por mês fez com que ele tivesse de estar no palco um dia antes e dois depois de se casar. Com agenda lotada e canções nos primeiros lugares das rádios e na web, o músico diz que ainda  tem muito a conquistar. “Tento acompanhar os passos do rei Roberto Carlos”, diz.

“Admiro demais sua trajetória, a carreira que ele construiu, a história que tem. Sonho em cantar com ele um dia e poder pelo menos chegar perto desse trabalho que ele fez”, declara Safadão.

O cantor é a atração principal da festa “Sunset WS”, ao pôr do sol neste sábado (6), na Prainha da Asbac. O evento tem também os cantores Jefferson Moraes, vencedor do quadro “Iluminados do Domingão”, do Domingão do Faustão, e Gabriel Diniz.

O artista diz que o trabalho dele pelo Brasil começou de verdade há mais ou menos um ano. “No Nordeste, graças a Deus, faz um tempo que trabalhamos bem, mas Brasíl é recente. Tem muitos lugares e eventos que ainda não fui e não participei e que pretendo chegar. O trabalho não pode parar. Quero fazer muita festa pra o Brasil inteiro por muito tempo ainda.”

Admiro demais sua trajetória [de Roberto Carlos], a carreira que ele construiu, a história que tem. Sonho em cantar com ele um dia e poder pelo menos chegar perto desse trabalho que ele fez”
Wesley Safadão, cantor

Nascido em Fortaleza, Wesley Safadão começou a fazer sucesso primeiramente na região de origem. O gênero musical mistura o forró com outros ritmos nordestinos e com elementos mais modernos, como a música eletrônica e vertentes do sertanejo.

“Nascemos e crescemos ouvindo o forró, Luiz Gonzaga e Dominguinhos consagraram nossa música, fizeram história e marcaram o povo nordestino com isso. Meu repertório e meus shows têm vários tipos de músicas, sofrência, balada, volta por cima, às vezes canto sertanejos que a galera curte, tenho trechos de funk em alguns momentos, mas o forró é raiz, é o que nunca deixarei de cantar nos meus shows.”

Safadão diz não ter preocupação em encontrar rótulos para seu tipo de música. Para ele, o importante é fazer canções que animem a plateia, que emocionem.

“As pessoas às vezes falam que sou sertanejo, que sou de arrocha, que sou pop. Como disse, forró é raiz, sou forrozeiro nato, mas nada me impede de diversificar, de fazer uma mistura legal que o público curta.”

O cantor Wesley Safadão, que se apresenta na festa Sunset WS, neste sábado (6), em Brasília (Foto: Lino Vieira/Divulgação)O cantor Wesley Safadão, que se apresenta na festa Sunset WS, neste sábado (6), em Brasília (Foto: Lino Vieira/Divulgação)

O artista volta a Brasília pouco mais de um ano depois de gravar um DVD ao vivo no estacionamento do Estádio Mané Garrincha. O registro deveria ocorrer no Rio de Janeiro, mas a produção mudou o local “pelo carinho do público da capital”.

“O Rio é uma cidade linda, pensamos em fazer nosso projeto realmente lá, mas aconteceu de a gente ir tocar em Brasília quando ainda estávamos começando o projeto e foi quando vi que a receptividade, o nosso trabalho já tinham chegado de forma diferente na cidade. Tive um carinho especial de cara por Brasília.”

Não acompanho muito a fundo, mas sei que estamos em um momento muito delicado, é muita sujeira pra limpar, né? A corrupção é muito grande no nosso país, mas vejo que agora as pessoas tem ficado mais em cima disso.”
Wesley Safadão, sobre política

Na sede do poder, Safadão diz que sabe do momento político do país, mas que tem uma relação distante com a questão.

“Não acompanho muito a fundo, mas sei que estamos em um momento muito delicado, é muita sujeira pra limpar, né? A corrupção é muito grande no nosso país, mas vejo que agora as pessoas tem ficado mais em cima disso. Como artista acho que o mínimo que posso fazer é alertar pra que todos pensem bem na hora de votar, escolham candidatos que tenham realmente propostas e propósito de mudar o país pra melhor.

O início da carreira aconteceu meio que como uma brincadeira. A mãe dele, uns primos e um tio começaram a se aventurar na criação de um grupo musical. A primeira canção que ele interpretou foi “Dormi na praça”, de Bruno e Marrone.

“Ninguém entendia nada. Só que aos poucos tudo foi acontecendo, fomos melhorando, nos especializando e gostando da coisa. Minha família é muito unida e meu tio e minha mãe ainda são envolvidos na banda, além de irmãos e primos que me auxiliam em tudo. Mas nenhum músico, tudo em equipe de escritório para alinhar as coisas do dia a dia da banda.”
 

  •  

Wesley Safadão usou um guarda-chuva durante o show em Caruaru (Foto: Divulgação/Ederson Lima - Assessoria)Wesley Safadão (Foto: Divulgação/Ederson Lima – Assessoria)

Safadão afirma que se cuida, tenta poupar a voz e que usa intervalos de shows e viagens para descansar. “Sempre me policio para não beber nada muito gelado, não falar demais. Aqueço antes dos shows e vou tentando esses cuidados, mas nada em especial.”

Em um dos intervalos, o músico aproveitou o tempo para se casar. A cerimônia aconteceu na última segunda-feira (1º). Ele e Thyane já viviam juntos. O casal tem uma filha de 2 anos. Safadão tem outro filho, de 5 anos.

“Tive que conciliar com a agenda de shows, não deu para mexer em muita coisa. A segunda é um dos poucos dias que não tenho show, que guardo pra minha família, ficou mais fácil. Estou seguindo com a agenda mas estamos programando uma viagem para os próximos meses, para a gente aproveitar um pouco mais.”

  •  

Wesley Safadão embalou uma verdadeira multidão (Foto: Solon Queiroz)Wesley Safadão (Foto: Solon Queiroz/Divulgação)

Par ao futuro, o músico diz esperar continuar na estrada, descobrindo lugares e públicos pelo Brasil afora e volta a citar o ídolo com quem quer dividir o palco. “Ainda não pensei muito longe. Agora quero trabalhar para consolidar minha carreira, alcançar objetivos. Tenho muita vontade de cantar com o rei Roberto Carlos. Quem sabe a gente não chega lá?”

Show de sábado
Com sua mistura de forró com música eletrônica, Safadão apresenta repertório com sucessos como “Camarote”, “Tim tim”, “Vou dar virote”, “Sou ciumento mesmo”, “Aquele 1%”, “Novinha vai no chão” e “Coração machucado”. O novo single, “Fala aqui com a minha mão” é presença garantida no setlist.

O novo projeto do cantor já rendeu um novo material, que já foi registrado em vídeo no jardim da casa de Safadão, em Fortaleza. A previsão é de que o novo DVD seja lançado até o fim deste ano.

Jefferson Moraes durante o programa Iluminados (Foto: Felipe Monteiro/ Gshow)Jefferson Moraes durante o programa Iluminados (Foto: Felipe Monteiro/Gshow)

O projeto inédito traz novas músicas, mas não deixa de lado elementos que se tornaram como um “mantra” entre os fãs do artista: o jargão “Vai, Safadão! Vai, Safadão”.

O cantor e compositor Jefferson Moraes também sobe ao palco neste sábado para apresentar músicas como “Agora me assiste”, “Continente”, “Ela bebeu demais”, “Mando ou não mando” e a nova música de trabalho, “Tô bebendo”.

Quem completa o time de atrações da festa é Gabriel Diniz. O artista mistura forró e sertanejo em canções como “Amor de copo”, “Lapada, lapada” e o novo single, “Coração teimoso”.

Sunset WS – show com Wesley Safadão

Outras atrações: Jefferson Moraes e Gabriel Diniz
Data: sábado (6)
Abertura dos portões: 16h
Local: Prainha da Asbac
Endereço: L4 Sul – SCES trecho 2





Source link

Música e temas ambientais exaltam diversidade do Brasil na abertura dos Jogos


Vista aérea da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, no Maracanã, no Rio de Janeiro, no dia 5 de agosto de 2016Ao som de "Aquele Abraço", o clássico de Gilberto Gil que é uma declaração de amor ao Rio de Janeiro, a cerimônia de abertura das Olimpíadas começou nesta sexta-feira, no Maracanã, dando início oficialmente à 31ª edição das Olimpíadas da era moderna, as primeiras da América do sul.



Source link

Rio destaca música e florestas em abertura de Olimpíada; Vanderlei Cordeiro acende a pira


Cerimônia de abertura Rio 2016Por Pedro Fonseca e Mary Milliken e Caroline Stauffer RIO DE JANEIRO (Reuters) – Os Jogos Rio 2016 foram oficialmente abertos com uma festa de boas-vindas ao mundo que fez homenagem às florestas brasileiras e à energia criativa da diversificada população do país, ao som de samba, bossa nova e funk, mas com vaias ao presidente interino Michel Temer, na noite de sexta-feira, no estádio do Maracanã. …



Source link

Show de Snoop Dogg e Wiz Khalifa deixa 42 feridos após ruptura de grade



Momento do acidente em show de Snopp Dogg nos EUA (Foto: Reprodução/Twitter/espo_ymcmb)Momento do acidente em show de Snopp Dogg
nos EUA (Foto: Reprodução/Twitter/espo_ymcmb)

Uma parte da grade arrebentou e uma multidão de espectadores caiu de alguns metros durante um show dos rappers Snoop Dogg e Wiz Khalifa na noite de sexta-feira em Camden, no estado americano de Nova Jersey, deixando ao menos 42 feridos.

Assista ao vídeo do momento da queda, gravado por um fã e postado no Twitter.

O público estava amontoado contra a grande em frente ao palco quando ela cedeu devido à pressão, segundo imagens divulgadas nas redes sociais, que mostravam os espectadores caindo.

Um porta-voz da polícia indicou à imprensa local que 42 pessoas ficaram feridas, a maioria com contusões e fraturas.

Uma pessoa sofreu feridas mais sérias, mas neste sábado já se encontrava em condições estáveis. O show foi interrompido.





Source link