Rio verá show de Caetano Veloso e Gilberto Gil em 30 de outubro



Caetano Veloso e Gilberto Gil tocam e cantam juntos no 1º de três shows no Citibank Hall SP, na Zona Sul de São Paulo, na noite de quinta-feira (20). A turnê batizada de 'Dois Amigos, Um Século de Música' celebra os 50 anos de carreira de cada um (Foto: Marcelo Brandt/G1)Caetano Veloso e Gilberto Gil tocam em São Paulo durante turnê do show  ‘Dois Amigos, Um Século de Música’, em agosto de 2015 (Foto: Marcelo Brandt/G1)

A turnê Dois Amigos, Um Século de Música, que reúne Caetano Veloso e Gilberto Gil, chega ao Rio no dia 30 de outubro, no Metropolitan, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. O show, que seria realizado na noite de 27 de agosto, foi adiado devido a um problema de saúde de Gil, que vem se tratando de uma insuficiência renal.

Segundo a empresa Tickets for Fun, responsável pela venda de ingressos para a apresentação, as entradas que já haviam sido compradas para o show de agosto serão válidas para a nova data.

Os clientes que não puderem comparecer em outubro devem ir ao local onde a compra foi feita e apresentar o ingresso para serem reembolsados. Caso a compra tenha sido efetuada pela internet, será necessário entrar em contato com a empresa pelo telefone 4003-5588 ou pelo email sac@ticketsforfun.com.br (a mensagem deve conter o título REEMBOLSO).

Gilberto Gil e Caetano Veloso estão comemorando os 50 anos de carreira com uma turnê por várias cidades brasileiras, depois de passarem também por 14 países.

No show Dois Amigos, Um Século de Música, os artistas recordam seus maiores sucessos, começando na época em que se conheceram, em Salvador.

Estão na lista: “Back in Bahia”, “Coração Vagabundo”, “Tropicália”, “Marginália 2”, “É Luxo Só”, “ É de Manhã”, “Sampa”, “Terra”, “Nine Out of Ten”, “Odeio Você”, “Tonada de Luna Llena”, “Eu Vim da Bahia”, “Super-Homem, a Canção”, “Come Prima”, “Esotérico”, “Três palavras”, “Drão”, “Se Eu Quiser Falar com Deus”, “Expresso 2222”, “Toda Menina Baiana” “Desde que o Samba é Samba”, “O Leãozinho” e “Domingo no Parque” foram canções apresentadas pela dupla no show de estreia, em junho, em Amsterdã.





Source link

Jessie J vence apelação sobre direitos autorais do hit "Domino"


Jessie J canta "Domino" no "American Idol", em Los Angeles(Reuters) – A cantora pop britânica Jessie J conseguiu que um tribunal de apelações dos Estados Unidos rejeitasse a queixa de um compositor californiano que alegou que ela teria roubado a melodia de uma de suas músicas para o hit "Domino", de 2011. O 9º Tribunal do Circuito de Apelações disse que Will Loomis não mostrou que Jessie J, Dr. Luke, Max Martin e outros compositores de "Domino" tiveram acesso à sua música "Bright Red Chords", de 2008, e que seu direito autoral teria sido infringido. A Universal Music Group e várias afiliadas também eram réus. …



Source link

Garbage anuncia que vai fazer shows em São Paulo e no Rio em dezembro



Os integrantes da banda americana Garbage (a partir da esquerda): Butch Vig (baterista), Duke Erikson (baixista, tecladista e guitarrista), Shirley Manson (vocalista) e Steve Marker (guitarrista e tecladista) (Foto: Divulgação)Os integrantes da banda americana Garbage (a partir da esquerda): Butch Vig (baterista), Duke Erikson (baixista, tecladista e guitarrista), Shirley Manson (vocalista) e Steve Marker (guitarrista e tecladista) (Foto: Divulgação)

A banda americana Garbage vai fazer dois shows no Brasil em dezembro, anunciou nesta sexta-feira (2) a produtora Ultimate Music. O grupo liderado pela cantora escocesa Shirley Manson e que se tornou famoso na cena alternativa 1990 toca em São Paulo no dia 10/12 e no Rio em 11/12 (veja serviço abaixo).

Veja, abaixo, destalhes dos dois shows do Garbage no Brasil em dezembro:

— São Paulo
Quando: 10 de dezembro (abertura da casa às 18h)
Onde: Tropical Butantã (Av. Valdemar Ferreira, 93 – 200 metros da Estação de Metrô Butantã; como chegar: http://www.tropicalbutanta.com.br/comochegar)
Classificação etária: 16 anos; entre 14 e 16 anos, somente acompanhado por pai ou mãe munidos de documentos
Duração: aproximadamente 90 minutos

Ingressos
Pista: R$ 200 (inteira) | R$ 100,00 (meia-entrada/promocional*)
Pista premium: R$ 400 (inteira) | R$ 200,00 (meia-entrada/promocional*)
Camarote: R$ 500,00 (inteira) | R$ 250,00 (meia-entrada/promocional*)

Compra pela internet:www.clubedoingresso.com
*Consulte o ponto de venda mais próximo da sua região, no site do Clube do Ingresso.

Ponto de venda sem taxa de serviços (pagamento em dinheiro): Galeria do Rock – loja 255 – 1º andar – (11) 3361-6951

— Rio de Janeiro
Quando: 11 de dezembro (abertura da casa às 18h)
Onde: Circo Voador (Rua dos Arcos S/N)
Classificação etária: 16 anos
Duração: aproximadamente 90 minutos

Ingresso
Pista: R$ 100,00 (meia-entrada/promocional) | R$ 200,00 (inteira)
*doe um kilo de alimento na entrada da casa no dia do evento e pague meia entrada).
Pela internet:www.ingressorapido.com.br
Ponto de venda: bilheteria do Circo Voador





Source link

Clipe de 'Bang' de Tiago Iorc tem arte em neon feita por fotógrafo do ES



Hid Saib faz pintura artística em clipe de Tiago Iorc (Foto: Divulgação/ Hid Saib)Hid Saib faz pintura artística em clipe de Tiago Iorc (Foto: Divulgação/ Hid Saib)

O fotógrafo e publicitário capixaba Hid Saib foi o responsável pela pintura artística em neon do clipe da música ‘Bang’, interpretado pelo cantor Tiago Iorc, lançado na manhã desta sexta-feira (26). A canção virou ‘hit’ na voz da cantora Anitta, mas Tiago fez uma regravação neste mês de agosto. O trabalho foi gravado no estúdio do capixaba, em Cariacica, na Grande Vitória.

Hid é o autor do Projeto Neon, série fotográfica que mistura brilhos, cores e neon, que já teve quatro edições de exposição no Espírito Santo e em outros estados do Brasil, conhecida como ‘Universo Neon’.

O artista contou que acompanha Tiago Iorc desde quando ele começou a gravar sucessos em inglês.

“Um dia, tivemos a ideia de mandar um e-mail para a equipe dele, dando a ideia de produzirmos algo juntos. O empresário dele adorou e eles vieram conhecer meu trabalho.Tudo casou certinho, porque ele tinha acabado de produzir ‘Bang’ no estúdio”, disse Hid.

Os traços da pintura ficaram livres para a criatividade do capixaba, que foi ‘liberado’ pelo cantor. “Ele me deixou muito aberto. Perguntei se ele tinha alguma preferência, mas ele falou para eu fazer o que achasse melhor, até porque é algo meu”, falou o fotógrafo.

O clipe foi lançado na manhã desta sexta, mas a repercussão do trabalho de Hid já é grande em todo o Brasil. “Há várias pessoas começando a me seguir nas redes sociais, me mandando mensagem. Recebi e-mails das pessoas dizendo que querem participar do Projeto Neon. É um reconhecimento pra mim, depois de quase quatro anos nesse projeto”, declarou.

Clipe 'Bang', do cantor Tiago Iorc (Foto: Divulgação/ Hid Saib)Clipe 'Bang', do cantor Tiago Iorc (Foto: Divulgação/ Hid Saib)





Source link

Anitta ou Luan Santana? Quem vai substituir Tiago Leifert no 'The Voice Kids'


Anitta ou Luan Santana? Quem vai substituir Tiago Leifert no 'The Voice Kids'Tiago Leifert já foi anunciado oficialmente como o novo apresentador do "Big Brother Brasil", sendo que Pedro Bial terá seu programa no lugar do Jô Soares. Agora, há vários famosos e também famosas se oferecendo para apresentar o "The Voice Kids" e a Globo se preocupa para escolher a pessoa certa. Anitta, que ficou ainda mais em destaque após se apresentar nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, é uma forte candidata.



Source link

DF tem hip hop, Samuel e Lô Borges, teatro de bonecos e rock com motos



O fim de semana no Distrito Federal tem entre as principais atrações de diversão o festival “YO!Music”, com nomes como Racionais MC’s, MV Bill, Negra Li, RZO e Cone Crew. Lô Borges canta com Samuel Rosa. Conexão “Minas-Brasília” tem Tianastácia e O Bando, Na Praia recebe Durval Lelys e Saulo, Simone & Simaria cantam e Planatina tem encontro de motociclistas com Scalene e Biquini Cavadão.

O festival de teatro Cena Contemporânea chega ao fim no domingo, assim como as exposições sobre Ivald Granato e Vera Sabino. A exposição do TCU com obras de Rodin continua em cartaz. Tiago Abravanel interpreta Snoopy, Cia. Os Buriti faz peça sobre ciganos no CCBB e companhia 7 Belos realiza festival no Sesi de Taguatinga.

Música
O estacionamento do Estádio Mané Garrincha se transforma no palco de um dos maiores eventos de hip hop e cultura urbana já realizados na capital federal. O festival YO!Music oferece shows de nomes como Racionais MC’s, MV Bill, Negra Li, RZO, Cone Crew, Black Alien e All Star, entre outros.

Ao todo são 12 horas de música e atrações como pistas de skate e bike, duelos de MCs, DJs e b-boys, grafites e outras formas de arte e cultura urbanas. A festa começa às 13h. A programação também reserva apresentações de artistas do hip hop do Distrito Federal, como GOG, Flora Matos e Vilela 17. O festival marca a volta do Câmbio Negro, com DJ Jamaica e X juntos após 16 anos do fim do grupo, um dos pioneiros do rap no Brasil.

O grupo de rap Racionais MC's, que se apresenta no festival YO! Music, em Brasília, em 3 de setembro (Foto: Marcelo Pretto/Divulgação)O grupo de rap Racionais MC’s, que se apresenta no festival YO! Music, em Brasília, neste sábado (3)
(Foto: Marcelo Pretto/Divulgação)

No meio do palco principal (YO stage) será montada a “Bob’s Ramp”, uma half-pipe (pista de manobras) inspirada nas ruas e becos de Nova York. O espaço terá performances de dez atletas, entre eles, os skatistas Bob Burnquist, Sandro Dias (Mineirinho) e Pedro Barros.

Parceiros e conterrâneos, os músicos Lô Borges e Samuel Rosa sobem juntos ao palco do Net Live Brasília nesta sexta, em evento que começa às 21h30. No repertório, músicas do CD/DVD “Ao vivo no Cine Theatro Brasil”, gravado pelos dois em agosto de 2015.

Os músicos Samuel Rosa e Lô Borges, que se apresentam juntos nesta sexta-feira (2) no Net Live Brasília (Foto: Weber Pádua/Divulgação)Os músicos Samuel Rosa e Lô Borges, que se apresentam juntos nesta sexta-feira (2) no Net Live Brasília (Foto: Weber Pádua/Divulgação)

A apresentação traz parceria dos dois, como “Dois rios”, “Horizonte vertical” e “Nenhum segredo”, duas músicas inéditas, “Lampejo” e “Dupla chama”, e interpretações de canções do Clube da Esquina e do Skank.

Outras músicas do show são as clássicas “Feira moderna”, “Paisagem da janela”, “O trem azul”, “Para Lennon e McCartney”, “Um girassol da cor do seu cabelo”, de Lô, e “Te ver”, “Resposta”, “Três lados” e “Balada do amor inabalável”, de Samuel.

'É o amor', sucesso de Zezé di Camargo e Luciano, foi ponto alto do show de Simone e Simaria  (Foto: Érico Andrade/G1)Simone e Simaria (Foto: Érico Andrade/G1)

Misturando forró baiano com arrocha, o pop e a “sofrência”, a dupla Simone & Simaria é a principal atração do Villa Mix, em Brasília, nesta sexta. A noite tem também o sertanejo romântico de Pedro e Benício, lançando o CD “Hipnose”.

O show traz músicas dos quatro CDs da carreira, do DVD “Bar das coleguinhas” e de “Simone & Simaria Live”, álbum gravado em março, que deve chegar às lojas em outubro.

Com canções que falam de amor e relacionamentos, o repertório tem sucessos como “Meu violão e nosso cachorro”, “Mentira estampada na cara”, “Quando o mel é bom”, “Não vou mais atrás de você” e “126 cabides”.

Integrantes do Scalene, banda de Brasília que se apresenta no Planaltina Moto Rock nesta sexta (2) (Foto: Breno Galtier/Divulgação)Integrantes do Scalene, banda de Brasília que se apresenta no Planaltina Moto Rock nesta sexta (2)
(Foto: Breno Galtier/Divulgação)

O estacionamento do ginásio Múltiplas Funções, em Planaltina, no Distrito Federal, recebe nesta sexta e sábado (2 e 3) a quarta edição do “Planaltina Moto Rock”. O encontro tem diversas atividades para motociclistas e shows. Na primeira noite, o destaque é a banda Scalene. Quem encerra a segunda noite é o grupo Biquini Cavadão.

Biquini Cavadão (Foto: Divulgação)Biquini Cavadão (Foto: Divulgação)

O evento tem passeio motociclístico no sábado e diversos espaços especiais para o público. A organização disponibilizou área de camping para motoclubes, praça de alimentação, “espaço kids”, barbearia, “espaço tattoo”, “espaço ladies”, “espaço MMA”, “museu duas rodas” e “shopping do motociclista”. Também são previstas palestras educativas sobre motociclismo.

No Na Praia, as atrações do fim de semana são dois dos mais bem-sucedidos cantores da axé music. O primeiro a se apresentar é Durval Lelys, no sábado. O repertório deve ter algumas das principais músicas de Carnaval e sucessos da carreira solo e da ex-banda do cantor, o Asa de Águia. No domingo, o ex-intérprete da Banda Eva Saulo é a atração.

Começa nesta sexta o “Festivão Conexão Minas Brasília”, que vai até 10 de setembro. As primeiras atrações são os mineiros do Tianastácia e os brasilienses do grupo O Bando. A mostra acontece na área do Ginásio Nilson Nelson.

Banda Tianastácia (Foto: Mariana Beltrame/Divulgação)Banda Tianastácia (Foto: Mariana Beltrame/Divulgação)

Teatro
Brasília recebe até 4 de setembro a “17ª edição do Cena Contemporânea – Festival Internacional de Teatro de Brasília”. A mostra oferece espetáculos de sete estados brasileiros e de mais seis países em diversos espaços do Plano Piloto e de outras regiões do Distrito Federal. Neste ano, Varjão e Estrutural estreiam no evento. O festival tem como atrações peças, adaptações, coproduções, debates e oficinas.

Atores em Um caminho para Sara, atração do festival teatral Cena Contemporânea, em Brasília (Foto: Sartoryi/Cena Contemporânea/Divulgação)Atores em Um caminho para Sara, atração do festival teatral Cena Contemporânea, em Brasília
(Foto: Sartoryi/Cena Contemporânea/Divulgação)

Nesta edição, o público pode conferir trabalhos da Argentina, Espanha, Chile, Portugal, Uruguai e França. Os espetáculos brasileiros em cartaz são produções de companhias do Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Ceará, Goiás, Paraná e do DF (veja programação pela internet).

Tiago Abravanel vive o personagem de desenhos animados Snoopy no musical “Meu amigo, Charlie Brown”, em cartaz neste domingo (4) no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, às 17h. O texto original de Charles M. Schulz foi traduzido e adaptado por Mariana Elisabetsky, com direção e coreografia de Alonso Barros.

Tiago Abravanel apresenta o espetáculo Snoopy em Salvador, Bahia (Foto: Divulgação)Tiago Abravanel vive Snoopy em “Meu amigo, Charlie Brown” (Foto: Divulgação)

A superprodução para todas as idades, que celebra a amizade e traz personagens humanos, repletos de dilemas atuais que culminam em situações muito engraçadas, mas que mostram de maneira genuína que a felicidade está presente nas pequenas coisas, nos pequenos gestos.

Abravanel  divide o palco com Leandro Luna (Charlie Brown), Mariana Elisabetsky (Sally Brown), Paula Capovilla (Lucy Van Pelt), Magon (Schroeder) e Mateus Ribeiro (Linus Van Pelt). O elenco tem também Tecca Ferreira e Douglas Tholedo. As canções originais são de Clark Gesner e há composições adicionais de Andrew Lippa.

A trama fala de “um dia normal na vida de Charlie Brown”. A aventura é recheada de pequenos momentos da vida dele; do Dia do Amigo à temporada de beisebol, do extremo otimismo ao desespero total, tudo isso misturado às vidas de seus amigos e colocado juntos num único dia, de uma linda e incerta manhã a um pôr do sol cheio de esperança.

Atores do Grupo De 4 É Melhor, que apresenta a comédia Atores do Grupo De 4 É Melhor, que apresenta a comédia “Não Durma de Conchinha”, neste fim de semana em Brasília (Foto: Divulgação)

No Teatro dos Bancários, a atração é a comédia “Não durma de conchinha”, com os atores Bernardo Felinto, Fabianna Kami e Márcio Minervino. O trio mostra de forma bem humorada aspectos sobre a intimidade das pessoas.

Durante a peça, os artistas se revezam no papel de 13 personagens. As curiosidades da vida sexual são o tema central da comédia. O espetáculo procura mostrar como superar problemas como a falta e o excesso de intimidade ou como descobrir se um amigo está realmente dando em cima de você. O medo da traição e os traumas de ser um solteiro infeliz são outros temas explorados pelo grupo.

Grupo Voar Teatro de Bonecos apresenta neste sábado e domingo o espetáculo Espetáculo de teatro de bonecos em Taguatinga
(Foto: Toni Guedes/Divulgação)

Começa neste sábado a “Temporada Funarte de Teatro de Animação”, que acontece na Funarte e na Torre de TV, em Brasília. São 32 apresentações de espetáculos de teatro de bonecos até 2 de outubro, com entrada franca.

Os grupos selecionados mostram panorama de técnicas e linguagens do teatro de animação, mesclando o tradicional com o contemporâneo. São atações para todas as idades. O evento tem o objetivo de fortalecer a linguagem dos bonecos em temporadas no complexo cultural de Brasília, que será um “polo de difusão e discussão do fazer bonequeiro”.

A abertura tem o espetáculo “A fazendo do coronel Mané Pacarú”, do Mestre Zé Lopes. O teatro de mamulengos é recheado de improvisação e cantorias, na feira da Torre de TV, Às 16h de sábado e domingo (3 e 4). A programação completa pode ser vista na internet.

Outro teatro de mamulengos é a atração das 17h dos dois dias. “Romance do vaqueiro Benedito conta a história do amor proibido de Benedito mais Margarida.

No Centro Cultural Teatro Yara Amaral, no Sesi de Taguatinga Norte, a atração é o festival de comédia da Cia 7 Belos. São quatro espetáculos em cartaz durante todo o mês de setembro, sempre aos sábados e domingo. No mesmo período, também aos fins de semana, a Cia Os Buriti apresenta o espetáculo de dança e teatro “Kalo – Os filhos do vento” na área externa do CCBB.

Exposições
Um dos maiores escultores de todos os tempos, o francês Auguste Rodin é tema de exposição na galeria Marcantonio Vilaça, no Tribunal de Contas da União (TCU). A programação pode ser vista até 5 de novembro, de terça a sábado, das 9h às 19h.

Escultura As sereias, de Auguste Rodin; obra está em exposição no TCU, em Brasília (Foto: Daniel Pinho/Divulgação)Escultura “As sereias”, de Auguste Rodin; obra está em exposição no TCU, em Brasília
(Foto: Daniel Pinho/Divulgação)

A mostra “O despertar modernista” é dividida em dois segmentos. No primeiro há 14 esculturas, sendo quatro originais do artista e dez cópias em resina, autorizadas pelo Museu Rodin, em Paris. A exposição tem também fotografias do artista.

O segundo ambiente tem fotografias, com peças vindas do museu europeu e outras da Pinacoteca de São Paulo. São 36 peças selecionadas para informar o espectador sobre a vida e a obra do artista.

Vai ser possível conhecer mais de perto o cotidiano de Rodin em seu ateliê e seu método de trabalho – Rodin desenhava suas peças, esculpia em formato menor, fazia os moldes em gesso e depois seus assistentes se incumbiam de ampliá-las em outros materiais.

Obra Le velle di Scampia, de Tobias Zielony, atração da exposição Zeitgeist, no CCBB de Brasília (Foto: Eduardo Eckenfels/Divulgação)Obra Le velle di Scampia, de Tobias Zielony, atração da exposição Zeitgeist, no CCBB de Brasília
(Foto: Eduardo Eckenfels/Divulgação)

A exposição “Zeitgeist – A arte da nova Berlim” continua em cartaz no CCBB. A mostra oferece um panorama da recente cena artística da capital alemã, com obras de 29 artistas, entre pinturas, performances, fotos, videoarte, instalações, palestra e até festas, com o melhor da noite da cidade europeia.

Espaço da mostra Zeitgeist, com instalação de Mark Formanek, em cartaz no CCBB de Brasília (Foto: Julia Lanari/Divulgação)Instalação de Mark Formanek, em “Zeitgeist
(Foto: Luccas Villela/Divulgação)

O público pode ver a mostra de quarta a segunda, das 9h às 21h, e a entrada é gratuita. A abertura aconteceu em 27 de julho. O primeiro programa especial foi a palestra do fotógrafo e host (anfitrião) do clube Berghain, Sven Marquardt. A atividade teve participação do curador da exposição, Alfons Hug.

Um dos objetivos da exposição é mostrar como se formou a cena cultural alemã depois da queda do Muro de Berlim, em 1989. A exposição trata da “reinvenção” da cidade e da transformação da vida improvisada dos anos 1990 até os dias atuais.

Entre o “caos aparente e a febre criativa”, Berlim vê surgir uma consistente produção artística, que acaba influenciando nomes de diversas vertentes do mundo todo.

Sala Clube Berlim, que faz parte da exposição Zeitgeist, no CCBB de Brasília (Foto: Janaina Miranda/Estúdio Alecrim/Divulgação)Sala Clube Berlim, que faz parte da exposição Zeitgeist, no CCBB de Brasília (Foto: Janaina Miranda/Estúdio Alecrim/Divulgação)

O nome “zeitgeist” – espírito de uma época – é um conceito que usa um acontecimento como significativo para se compreender um período, “a partir do qual a arte, a cultura e as relações humanas evoluem”.

O Centro Cultural Banco do Brasil recebe até 24 de outubro a exposição “Horizontes da arte na América Latina e Caribe”, com 60 obras de 19 países. A mostra pode ser vista gratuitamente de quarta a segunda, das 9h às 21h.

Quadro Paisaje nocturno, do artista mexicano Diego Rivera; obra está em cartaz na mostra Horizontes da arte na América latina e Caribe, em cartaz no CCBB do DF (Foto: Colección Instituto de Bellas Artes do México)Quadro “Paisaje nocturno”, do artista mexicano
Diego Rivera (Foto: Colección Instituto de Bellas
Artes do México)

O público pode ver trabalhos de nomes como os brasileiros Di Cavalcanti, Tomie Ohtake e Cícero Dias, os uruguaios M. de Vita, Vicente Martin, Costigliolo e Rafael Damiani, o cubano Alexandre Lobaina, o jamaicano Marvin Ferguson, o guatemalteca Elmar Rojas, os haitianos Frank Etienne e Bernard Sejourne, o salvadorenho Fernando Llort, a hondurenha Leticia Banegas e o muralista mexicano Diego Rivera.

Segundo os organizadores, o objetivo é “quebrar o paradigma do extremo desconhecimento mútuo”. A exposição foi concebida com o intuito de apresentar ao público brasileiro um recorte da poética dos países das regiões.

A exposição traz obras de acervos das representações diplomáticas que estão em Brasília e peças disponibilizadas pelos governos dos países.

São pinturas, gravuras e desenhos divididos em três eixos: “Das coisas”, com inventários do mundo; “Do horizonte”, com as paisagens; e “Dos retratos”, com rostos, corpos e suas marcas.

Quadro Las coles, de José Clemente Orozco, em exposição na mostra Horizontes da arte na América Latina e Caribe, no CCBB de Brasília (Foto: Museo Carrillo Gil/Instituto de Bellas Artes do México)Quadro Las coles, de José Clemente Orozco, em exposição na mostra “Horizontes da arte na América Latina e Caribe”, no CCBB de Brasília (Foto: Museo Carrillo Gil/Instituto de Bellas Artes do México)

Fãs de arte performática podem conferir até domingo uma exposição sobre o artista multimídia Ivald Granato na Caixa Cultural. A mostra reúne 130 obras que resumem os 50 anos da trajetória de um dos pioneiros da arte performance.

  •  

Colagem de fotos de Ivald Granato, tema de exposição na Caixa Cultural de Brasília (Foto: Loris Machado/Divulgação)Colagem de fotos de Ivald Granato, tema de exposição na Caixa Cultural de Brasília (Foto: Loris Machado/Divulgação)

O público pode conferir gratuitamente pastas-objeto, fotos originais, cartazes, roupas e acessórios usados em performances, ampliações fotográficas, livros, textos, estudos e vídeos originais de Granato.

Os trabalhos mostram uma mistura de diferentes modalidades de arte – dança, música, pintura, teatro, escultura e literatura – como um desafio às classificações habituais, colocando em questão a definição de arte.

Outra atração da Caixa Cultural, que também termina no domingo, é a exposição “Panorama Vera Sabino”, que reúne 40 obras da artista catarinense, que completa 50 anos de carreira. A mostra traz as raízes folclóricas e o universo mítico-mágico dela, com homenagem à colônia e aos imigrantes do país em temas como natureza, feminino e religião.

Ao lado de cada trabalho, há um poema de Semy Braga, marido da artista. Outro toque literário na exposição são os textos da escritora Michelline Barros, que assina a curadoria da exposição ao lado de Antonio Fasanaro. O evento exibe também o documentário “A ilha em mim”, da cineasta Suélen Ramos Vieira Vale, sobre a trajetória de Vera.





Source link

Tiago Abravanel vive Snoopy em 'Meu amigo, Charlie Brown', no DF



Tiago Abravanel apresenta o espetáculo Snoopy em Salvador, Bahia (Foto: Divulgação)O ator Tiago Abravanel como Snoopy, no musical “Meu amigo, Charlie Brown”, em cartaz neste domingo (4) no Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Foto: Divulgação)

Tiago Abravanel vive o personagem de desenhos animados Snoopy no musical “Meu amigo, Charlie Brown”, em cartaz neste domingo (4) no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, às 17h. O texto original de Charles M. Schulz foi traduzido e adaptado por Mariana Elisabetsky, com direção e coreografia de Alonso Barros.

A superprodução para todas as idades, que celebra a amizade e traz personagens humanos, repletos de dilemas atuais que culminam em situações muito engraçadas, mas que mostram de maneira genuína que a felicidade está presente nas pequenas coisas, nos pequenos gestos.

Abravanel  divide o palco com Leandro Luna (Charlie Brown), Mariana Elisabetsky (Sally Brown), Paula Capovilla (Lucy Van Pelt), Magon (Schroeder) e Mateus Ribeiro (Linus Van Pelt). O elenco tem também Tecca Ferreira e Douglas Tholedo. As canções originais são de Clark Gesner e há composições adicionais de Andrew Lippa.

A trama fala de “um dia normal na vida de Charlie Brown”. A aventura é recheada de pequenos momentos da vida dele; do Dia do Amigo à temporada de beisebol, do extremo otimismo ao desespero total, tudo isso misturado às vidas de seus amigos e colocado juntos num único dia, de uma linda e incerta manhã a um pôr do sol cheio de esperança.

Peanuts, Charlie Brown (Foto: Divulgação/G1)Peanuts, Charlie Brown (Foto: Divulgação)

O universo de Charlie Brown se caracteriza pelo humor delicado e melancólico, com personagens inteligentes, sensíveis, mordazes e criativos que provocaram uma revolução no mundo das histórias em quadrinhos.

O protagonista é um menino cheio de preocupações e com algumas frustrações. Schroeder vive debruçado ao piano e tem Beethoven como ídolo e herói, Lino não desgruda do cobertor, Lucy tem uma banca de analista, Sally, a irmã mais nova de Charlie Brown, vive num dilema escolar e Snoopy, o mascote, é absolutamente extraordinário.

Todos personagens refletem sobre a simplicidade e a complexidade do cotidiano, além de questionarem e tentarem entender tudo que os rodeia. A dramaturgia e a música propõem o encontro do menino Charlie Brown com o mundo que o cerca. A história narra a constante busca do personagem principal pelo significado das coisas e dos sentimentos.

Meu amigo, Charlie Brown – Um musical da Broadway

Data: domingo (4)
Horário: 17h
Local: Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães
Endereço: Eixo Monumental

Ficha Técnica:
Baseado nas Tirinhas de Charles Schulz
Um Musical de Clark Gesner
Versão Brasileira – Mariana Elisabetsky

Elenco:
Tiago Abravanel – Snoopy
Leandro Luna – Charlie Brown
Paula Capovilla – Lucy Van Pelt
Mariana Elizabetsky – Sally Brown
Guilherme Magon – Schroeder
Mateus Ribeiro – Linus Van Pelt
Tecca Ferreira – Swing feminino
Douglas Tholedo – Swing masculino

Ingressos (meia-entrada):
Poltrona Premium: R$100
Poltrona VIP lateral: R$70
Poltrona Especial: R$ 70
Poltrona Superior: R$ 50





Source link