Opera ganha modo que economiza energia para bateria durar 50% mais em laptops


Você mantém 34 abas abertas no navegador e a bateria do laptop não aguenta? Bem, a Opera tem uma solução na forma de um novo modo de economia de energia, disponível na versão mais recente para desenvolvedores, que promete estender a autonomia em até 50% se comparado ao Chrome.

>>> Navegador Opera agora conta com VPN integrada ilimitada e gratuita

A empresa testou o recurso em um laptop Lenovo X250 com Windows 10. O experimento envolve abrir 11 sites diferentes, rolar cada página um pouco, deixar as abas abertas, não fazer nada por um minuto, e em seguida, repetir o processo novamente. até a bateria acabar.

A Opera afirma que a bateria durou em média 1h54min com o Chrome, e 1h58min com o Opera. Com o modo de economia de energia ativado, no entanto, ele aguentou 2h56min.

Quando o laptop estiver fora da tomada, aparece um pequeno ícone perto da barra de endereços para ativar a função:

opera economia energia

O recurso funciona por meio de uma série de truques para economizar energia – sem, no entanto, impactar a forma como você usa o navegador.

A Opera explica que isso inclui reduzir a atividade nas abas em segundo plano; ativar o processador com menos frequência, otimizando os temporizadores JavaScript; interromper automaticamente plug-ins não usados; reduzir a taxa de quadros dos vídeos para 30 fps; forçar o uso de codecs de vídeo acelerados por hardware; e pausar animações nos temas do navegador.

O teste não é exatamente científico – o bloqueador nativo de anúncios também é ativado no modo de economia de energia, complicando a comparação – mas é um recurso interessante.

Além disso, o navegador inclui VPN gratuita e ilimitada da SurfEasy, empresa adquirida pela Opera há um ano – agora, ela pode ser usada no modo privado também. O Opera para desenvolvedores está disponível neste link para Windows, Mac e Linux.

[Opera Blog]



Source link

Assista à primeira demonstração em plena escala da tecnologia Hyperloop



O Hyperloop é um meio de transporte proposto pelo bilionário Elon Musk, que envolve pods (vagões) de alumínio se movendo a altas velocidades por tubos de aço.

A startup Hyperloop One construiu a primeira pista de testes em plena escala no deserto de Nevada, perto de Las Vegas, e acelerou um veículo de teste por uma via férrea usando uma tecnologia de propulsão.

>>> Os desafios de tornar realidade o Hyperloop, futuro do transporte