Caminhar distraído pode afetar a saúde, diz estudo


As pessoas costumam pensar que é seguro caminhar e enviar mensagens de textos em seus celulares ao mesmo tempo, mas cuidado: andar distraído pode se tornar um grande problema, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira.

Cerca de 78% dos adultos americanos admitem que caminhar distraído é um sério problema, mas somente 29% deles opina que é um problema para eles em particular, indicou o estudo publicado pela academia americana de cirurgiões ortopédicos.

A maioria dos entrevistados admitiu que caminhar distraidamente – por estarem conversando, escutando música ou enviando mensagens de texto – é perigoso. No entanto, 31% deles o fazem de qualquer jeito, confiantes de suas habilidades para realizar várias tarefas ao mesmo tempo.

A academia divulgou um estudo de 2013 que mostra um aumento notável em acidentes de pedestres entre 2004 e 2010, aos quais o uso do telefone foi um fator-chave.

A mensagem, não obstante, não parece chegar aos usuários de smartphones. Muitos assumem que isto é algo que acontece com frequência.

A pesquisa constatou que 48% dos americanos não pensam se podem ou não caminhar distraídos, 28% estão confiantes de que "podem caminhar e fazer outras coisas" e 22% "estão ocupados e querem maximizar o tempo".

"Hoje em dia, os perigos dos 'zumbis digitais' estão aumentando. Cada vez mais, pedestres caem de escadas, tropeçam em canteiros, chocam uns nos outros ou invadem a pista dos carros, o que causa um aumento de lesões que vão desde hematomas a torções e fraturas", disse Alan Hilibrand, porta-voz da associação.

"Muitos de nós precisamos simplesmente deixar de lado nossos aparatos e nos concentrar naquilo que nos rodeia."

A pesquisa, orientada pela empresa Ipsos, entrevistou 2.008 adultos entre os dias 8 e 20 de outubro e tem uma margem de erro de 2,5 pontos percentuais.



Source link

Sinead O'Connor volta a falar de suicídio; perfil no Facebook é apagado



Á esquerda, Sinéad O'Connor em evento em 2011; à direita, a cantora na capa do disco de 2014 (Foto: AFP e Divulgação)Á esquerda, Sinéad O’Connor em evento em 2011; à direita, a cantora na capa do disco de 2014 (Foto: AFP e Divulgação)

O perfil oficial da cantora Sinead O’Connor no Facebook foi apagado nesta quarta-feira (2), após ela voltar a postar mensagens sobre suicídio. De acordo com a revista “People”, ela divulgou vários textos reclamando de que foi abandonada pelos filhos, e depois falou que tem “direito de morrer”.

“Se uma mulher não consegue de primeira… Ela vai tentar, tentar de novo”, diz uma mensagem de Sinead reproduzida pelo jornal “The Irish Mirror”. Ela usou uma hashtag com as palavras “eu quero meu direito de morrer e vou lutar por ele” (veja abaixo).

Ela reclamou que os filhos foram ao hospital, mas saíram antes de ela acordar. “Por favor me amem, por favor voltem”, escreveu. De acordo com a revista “People”, a página foi apagada após pedidos de familiares da cantora.

Texto anterior
A cantora irlandesa Sinead O’Connor aparentemente tentou cometer suicídio no domingo (29), depois de publicar uma mensagem em sua página do Facebook na qual relatou que tomou uma “overdose”.

No texto, que não teve a autenticidade comprovada até o momento, a cantora expressa a dor por não ter nenhuma relação com sua família em consequência de uma “horrível série de traições”.

“Eu tomei uma overdose”, afirma a mensagem. “Não há outra maneira para conseguir respeito. Não estou em casa, estou em um hotel, em algum lugar da Irlanda, com outro nome. Se não publicasse esta mensagem, meus filhos e minha família nem sequer descobririam. Eu poderia estar morta há semanas, e eles não saberiam”, completou.

Nenhum representante da empresa de relações públicas que cuida da carreira de O’Connor foi localizado para comentar a notícia. Um porta-voz da polícia se recusou a comentar, mas uma fonte policial disse à agência AFP que a cantora foi “localizada em segurança”.

A imprensa local informou que a artista está recebendo atendimento médico.

Sinead O’Connor cancelou há alguns meses uma série de apresentações porque seu filho tinha “problemas de saúde que poderiam colocar sua vida em risco”. Em agosto, ela havia sofrido uma histerectomia – retirada do útero –, que ela revelou nas redes sociais.

No sábado (28), em outro post no Facebook, ela tinha citado rompimento com a indústria musical: “A música acabou para mim. A música fez isto. Me tornou invisível inclusive para os meus filhos. Matou minha alma. Eu nunca vou voltar à música”.

Mensagem reproduzida pelo jornal 'Irish Mirror' antes de perfil de Sinead O'Connor ser apagado do Facebook (Foto: Reprodução / Twitter / Irish Mirror)Mensagem reproduzida pelo jornal ‘Irish Mirror’ antes de perfil de Sinead O’Connor ser apagado do Facebook (Foto: Reprodução / Twitter / Irish Mirror)

 





Source link

Um telefone celular que consegue fazer videochamadas foi criado dentro de Minecraft



Já vimos mundos de fantasia ganharem vida dentro de Minecraft, e também já vimos processadores de texto serem criados dentro dele. Mas eu não imaginava que alguém conseguiria não só fazer um telefone celular em Minecraft, como também usá-lo para videochamadas.

Sim, isso aconteceu de verdade e o gênio por trás do projeto é o YouTuber CaptainSparklez. No vídeo abaixo, ele demonstra a sua criação para o mundo: