Don McLean, cantor de 'American pie', é preso por violência doméstica



Foto enviada pela prisão de Knox County mostra Don McLean, compositor e cantor de 'American pie', após ser preso nesta segunda-feira (18) por violência doméstica (Foto: Knox County Jail/AP)Foto enviada pela prisão de Knox County mostra Don McLean, compositor e cantor de 'American pie', após ser preso nesta segunda-feira (18) por violência doméstica (Foto: Knox County Jail/AP)

O autor e intérprete da canção “American pie”, Don McLean, de 70 anos, foi detido nesta segunda-feira (18) no Maine, nordeste dos Estados Unidos, por violência doméstica, informou a imprensa americana.

O criador do tema considerado “a canção do século” pela Associação da Indústria Fonográfica dos Estados Unidos foi detido pela manhã em sua casa em Camden e depois transferido para a prisão do condado de Knox, em Rockland, relatou o chefe da Polícia local, Randy Gagne, ao canal de televisão FOX411.

McLean deverá comparecer à Justiça em 22 de fevereiro.

O manuscrito original de “American oie”, uma enigmática canção de 1971, foi leiloado em abril de 2015, em Nova York, por US$ 1,2 milhão.

Segundo McLean, que nasceu em 1945, a música, que foi objeto de múltiplos debates sobre o significado de sua letra e que deu nome ao seu segundo álbum, foi “parte de um processo de despertar, uma viagem mística rumo ao passado”.

A música foi composta na Pensilvânia e em Cold Springs, no estado de Nova York, gravada em maio de 1971, e foi ouvida pela primeira vez em outubro daquele mesmo ano.

“American pie” entrou na lista das canções famosas que rentabilizam seus manuscritos no mundo dos leilões, como “Like a rolling stone”, de Bob Dylan, vendida por US$ 2 milhões em junho de 2015, e “Born to Run”, de Bruce Springsteen, que alcançou quase US$ 200 mil.





Source link

Dinamarca estabelece recorde por ter quase metade de energia elétrica gerada pelo vento



A Dinamarca registrou um novo patamar global de aproveitamento de energia eólica: a nação escandinava anunciou que quebrou um recorde mundial de energia, ao usar turbinas eólicas para gerar 42% da eletricidade do país em 2015.

A porcentagem é a maior já registrada, segundo a Energinet, a operadora dinamarquesa de energia elétrica. Em 2014, a energia eólica foi responsável por 39% da capacidade elétrica do país, que também já era um recorde.

Um grande fator para o feito atingido pela Dinamarca foi um excepcional ano com muito vento, segundo a Energinet. Além disso, a participação da energia éolica no consumo do país tem aumentado anualmente desde 2008, um sinal claro de que o país tem investido em diferentes matrizes energéticas — até 2020, o país quer ter 50% da energia consumida proveniente de fontes renováveis.

O país tem progredido continuamente neste ramo. Em julho de 2015, os parques eólicos produziram tanta energia que ultrapassaram a demanda nacional, chegando a 140% de geração.

A título de comparação, em julho de 2015, a energia eólica no Brasil foi responsável por 3% de toda a energia produzida no Sistema Integrado Nacional. É bem pouco, porém o governo tem investido em geração de energia limpa, sobretudo no Nordeste.

Que o compromisso da Dinamarca em energias renováveis seja uma lição para o resto do mundo.

[Energinet]

Imagem: AP Photo/Lars Skaaning, Polfoto.



Source link

Dale 'Buffin' Griffin, baterista do Mott the Hoople, morre aos 67 anos



O músico britânico Dale “Buffin” Griffin, baterista e fundador da banda de glam rock Mott the Hoople, morreu neste domingo (17) durante o sono aos 67 anos, informou a BBC. De acordo com Peter Purnell, que era manager do grupo e trabalhava na gravadora Angel Air, Griffin tinha Alzheimer. 

Purnell descreveu o artista como “um dos caras mais legais, amigáveis e talentosos que já conheci”.

Formado em 1969 por Griffin, pelo baixista Pete Overend, pelo tecladista Verden Allen, pelo cantor e guitarrista Ian Hunter e pelo guitarrista Mick Ralphs, o Mott the Hoople teve um início de carreira discreto. O obituário de Griffin da “Rolling Stone” americana lembra que a banda estava prestes a se separar no início da década seguinte quando David Bowie, um fã delcarado do grupo, ofereceu algumas canções.

Depois de rejeitar “Suffragette city”, o Mott the Hoople escolheu gravar “All the young dudes”, faixa-título de um álbum lançado em 1972 e produzido pelo próprio Bowie. O single foi um dos principais sucessos da banda, ao lado de “Roll away the stone”, de 1974.

Depois de perder alguns de seus integrantes originais, a banda acabou oficialmente em 1980. Quase 30 anos mais tarde, em 2009, o Mott the Hoope voltou para uma série de shows.

À BBC, Peter Purnell comentou a participação de Dale “Buffin” no retorno: “Tudo que ele sempre quis foi que seu amado Mott the Hoople se reunisse, e foi graças à determinação dele que conheseguimos esta façanha em 2009, mas infelizmente àquela altura ele estava muito doente para docar nos cinco shows com ingressos esgotados – mesmo assim, ele participou do bis [no encerramento das apresentações]”.





Source link

Mãe de bebê nascido com microcefalia nos EUA contraiu o vírus zika no Brasil



Dias após o Centro de Controle de Doenças dos EUA publicar recomendações para mulheres grávidas que irão viajar para a América Latina, o Departamento de Saúde do Havaí confirmou uma “infecção pelo vírus zika em um bebê recentemente nascido com microcefalia em um hospital em Oahu”.

O comunicado à imprensa destaca que este caso não foi adquirido nos EUA: a mãe estava grávida quando viajou ao Brasil, em maio de 2015, ocasião em que o vírus foi transmitido. Nem o bebê nem a mãe apresentam risco de contágio para outras pessoas.

“Nesta situação, um atento médico havaiano identificou a possibilidade de a causa da microcefalia ter sido a infecção pelo vírus zika, imediatamente notificou o Departamento de Saúde e trabalhou conosco para confirmar a suspeita de diagnóstico”, diz o Dr. Park. “Nós confiamos em nossa excelente comunidade médica para ser nossos olhos e ouvidos em campo para controlar e prevenir a disseminação da doença no Havaí.”

Este caso ajuda a reforçar a ligação entre a microcefalia que ocorre em bebês e o vírus zika. Mesmo que não haja chance de transmissão neste caso, a disseminação do vírus na África Central e na América Central é preocupante.

Este é o primeiro caso de microcefalia causada pelo zika nos EUA, mas o vírus em si já foi detectado anteriormente em Porto Rico e no Texas.

[Departamento de Saúde do Havaí (PDF) via New York Times]

Crédito da imagem: AP Images



Source link

A Airbus está trabalhando com o Uber para criar um serviço de voos de helicóptero



A Airbus irá fornecer helicópteros para o Uber visando estabelecer um serviço de voos sob demanda. A iniciativa, ainda um “projeto piloto” (com o perdão do trocadilho), irá estrear no Festival Sundance de Cinema, que começa nesta quinta-feira (21).

De acordo com o Wall Street Journal, o serviço –confirmado por Tom Enders, diretor executivo da Airbus– irá usar helicópteros H125 e H130 para transportar passageiros. O Uber irá levar seus carros para levar os passageiros até o local de pouso e decolagem, bem como buscá-los nos helipontos.

Não é a primeira vez que o Uber flerta com viagens de helicóptero: eles já fizeram isso anteriormente no Festival de Cinema de Cannes, no Festival de Música e Artes Bonnaroo e até mesmo entre Manhattan e os Hamptons, conjunto de condomínios de luxo em Long Island, Nova York. A nova iniciativa, no entanto, demonstra que a Airbus está tentando expandir o horizonte de consumidores em potencial.

Ainda não está claro o quanto vão custar os voos, mas, no passado, o Uber cobrou entre centenas e milhares de dólares por um voo. É só para quem pode.

[Wall Street Journal]

Imagem: final gather sob licença Creative Commons



Source link

Turkcell visa acordos no Irã após suspensão de sanções



ISTAMBUL (Reuters) – A Turkcell está buscando oportunidades de aquisições para se expandir regionalmente e o Irã pode ser um mercado alvo com a suspensão das sanções contra o país, disse o presidente-executivo da maior operadora móvel da Turquia nesta segunda-feira. “O Irã é um enorme mercado e está em nosso foco”, disse Kaan Terzioglu em uma entrevista à Reuters. “Estamos observando de perto o mercado iraniano e em contato com todas as suas operadoras de telefonia fixa e móvel”. A Turkcell tem um interesse duradouro no Irã. …



Source link

Windows 10 será o único sistema da Microsoft que rodará em alguns processadores do futuro



Se você achava que os dias de processadores incompatíveis com sistemas operacionais tinham ficado para trás, você estava enganado. Sem muito alarde, a Microsoft anunciou que alguns dos futuros chips do mercado só rodarão o Windows 10 – isso, claro, se você optar por usar a plataforma da Microsoft.

Em um post em seu blog oficial, o vice-presidente executivo da divisão de Windows e Dispositivos da Microsoft explicou:

No futuro, com a introdução de novas gerações de silício, elas vão exigir a plataforma mais recente Windows do momento para suporte. Isso nos permite focar em uma integração mais profunda entre Windows e o chip, mantendo a confiabilidade e compatibilidade máxima com as gerações anteriores da plataforma e dos chips. Por exemplo, o Windows 10 será o único Windows suportado nos futuros Intel “Kaby Lake”, com os Qualcomm “8996”, e com os AMD “Bristol Ridge”.

A ideia é preparar uma transição firme das antigas arquiteturas de 32-bit para as mais avançadas de 64-bit, em vez de fazer aos poucos. Certamente não significa que você só conseguirá usar o Windows 10 nos novos processadores, no entanto: a Microsoft diz que você poderá rodar “Windows 10 em qualquer chip, Windows 7 nos de entrada projetados para ele, ou em um dispositivo na lista de suporte.”

E também não elimina completamente a possibilidade de usar outros sistemas operacionais. Que tal o Linux?

[Microsoft via Gizmodo Australia]

Imagem via Cliff Johnson sob licença Creative Commons



Source link

David Bowie agora tem sua própria constelação



Como o mundo ainda está em luto pela morte de David Bowie, nós podemos nos confortar com uma das homenagens póstumas mais apropriadas ao cantor britânico: uma constelação foi batizada com seu nome, e ela ainda tem o formato do icônico símbolo de relâmpago.

>>> Este é o asteroide batizado em homenagem ao grande David Bowie

O observatório público MIRA, em Bruxelas (Bélgica), trabalhou com uma estação local de rádio para registrar a constelação, que consiste em sete estrelas localizadas próximas à marte. Segundo a DDB Brussels:

“Não foi fácil determinar as estrelas apropriadas”, disse Philipp Mollet, do MIRA. “A Studio Brussels nos pediu para acharmos um local único na galáxia para Bowie. Referindo-se aos seus vários álbuns, escolhemos sete estrelas — Sigma Librae, Spica, Alpha Virginis, Zeta Centauri, SAA 204 132, e Beta Sigma Octantis Trianguli Australis — próximas à Marte. A constelação é uma cópia do icônico relâmpago de Bowie e foi registrada no dia da morte do cantor.

Eu sei que isso é uma dessas tentativas oportunistas de aparecer, mas eu não ligo, pois é perfeito. De fato, acho que nós deveríamos nos livrar de todas as velhas constelações e substitui-las por novas batizadas com nomes ligados ao Bowie. Vai dizer que você não acha que o céu estrelado não ficaria muito melhor se trocássemos, por exemplo, Orion por Goblin King, o personagem de Bowie em Labyrinth?

A disposição das estrelas da constelação Bowie pode ser vista no site Stardust for Bowie.

Que fique claro: a constelação é apenas uma homenagem ao cantor. Para uma constelação receber um nome “oficial”, ela deve ser validada pela União Astronômica Internacional — o que não foi o caso da constelação David Bowie.

Atualizado às 18:30

[HuffPo]



Source link

Um ex-entusiasta do Bitcoin diz que a moeda virtual está perto de chegar ao fim



Você ouviu a última? O Bitcoin está morto. Já era. Ops, espere. Está morrendo ou só tendo uma crise? Bom, existem sérios problemas, mas continua operante. Os ideais foram perdidos, segundo um ex-entusiasta da moeda virtual.

>>> Este australiano diz que ele e seu amigo morto inventaram o Bitcoin
>>> O mercado de ações pode começar a usar a tecnologia do Bitcoin

Em um post no Medium, o programador britânico Mike Hern declarou que o experimento com Bitcoin está com os dias contados. A comunidade, segundo ele, falhou. A tecnologia não pode mais ser desenvolvida, pois o poder da plataforma ficou consolidado nas mãos de algumas pessoas interessadas em manter o minguante status quo. Após cinco anos, Hern parou de se envolver com a criptomoeda, e começou a trabalhar em uma startup. Diz Hern no Medium:

Por que o Bitcoin falhou? Falhou porque a sua comunidade fracassou. O que era para ser algo novo, uma forma descentralizada de dinheiro que “não contava com importantes instituições” e “que era tão grande para falhar” se tornou algo ainda pior: um sistema completamente controlado por um grupo de pessoas. Além disso, a rede está à beira de um colapso técnico. Os mecanismos que deveriam prevenir este problema foram quebrados, e, como resultado, não acho que há grandes razões para acreditar que o Bitcoin pode ser melhor que o sistema financeiro existente.

No post, o ex-desenvolvedor das estruturas do Bitcoin cita ainda como motivo de descrédito na plataforma: cobranças imprevistas, a possibilidade de cancelar pagamentos alguns minutos após finalizá-lo.

Então, o Bitcoin está morto? O Bitcoin não está morto. Objetivamente, o mercado de Bitcoin ainda está vivo e ativo, e o Blockchain, a plataforma digital controladora da moeda, ainda está operacional. Como Elizabeth Stark citou no Twitter, as pessoas amam declarar que o Bitcoin está morto. Segundo seus próprios registros, o Bitcoin já foi declarado morto 88 vezes. (o post da Hern seria a 89a. vez que alguém, falsamente, declarou que a moeda está morta). As pessoas têm dito que a moeda chegou ao fim desde 2010, e ela já foi declarada morta duas vezes só neste ano.

[Medium]



Source link