Sistema operacional Windows 10 funciona em 200 milhões de dispositivos



SAN FRANCISCO (Reuters) – O sistema operacional mais recente da Microsoft, o Windows 10, está operando em 200 milhões de dispositivos, o que a companhia diz que é a taxa de adoção mais rápida em qualquer um de seus sistemas operacionais. O Windows 10, que a companhia lançou para download gratuito em julho, aciona tanto computadores pessoais como dispositivos como celulares. Ele substituiu o Windows 8, o muito criticado sistema de 2012. …



Source link

Bon Scott, ex-vocalista do AC/DC, dará nome a rua na Austrália



O cantor Bon Scott à frente do AC/DC nos anos 70 (Foto: Divulgação/Site da Artista)O cantor Bon Scott à frente do AC/DC nos anos
70 (Foto: Divulgação/Site da Artista)

Uma rua de Canberra, capital da Austrália, será batizada com o nome de Bon Scott, cantor da banda AC/DC, que morreu em Londres em 1980, informaram nesta segunda-feira (4) as autoridades locais.

“Os novos residentes do bairro de Moncrieff viverão em uma rua batizada com o nome do cantor do AC/DC Bon Scott, que tragicamente morreu aos 33 anos”, anunciou Mick Gentleman, ministro do Planejamento do Território da Capital Australiana, em comunicado.

Além de Scott, nascido na Escócia em 1946, outras ruas de Moncrieff rendem tributo à música com os nomes dos artistas aborígenes Jimmy Little, Harold Blair, Ruby Hunter e o intérprete de didjeridu, um instrumento utilizado pelos indígenas australianos, Alan Dargin.

 





Source link

A Jolla, criadora de alternativa ao iOS e Android, sofreu mais um revés


Você provavelmente já ouviu falar da Jolla, empresa criada por ex-funcionários da Nokia: ela é conhecida por seu sistema operacional com interface por gestos e com suporte a apps de Android. Bem, na virada do ano, ela compartilhou uma surpresa bem desagradável.

A empresa arrecadou US$ 2,5 milhões em uma campanha de crowdfunding no Indiegogo para um tablet que deveria ter sido lançado em maio de 2015. Agora, ela diz que “nem todos que apoiaram a campanha vão receber um tablet”.

Sim, a empresa entregou o tablet em setembro para algumas pessoas, e prepara um segundo lote limitado para o início de 2016. Mas ela reconhece que não conseguirá cumprir os pedidos de todo mundo. O Jolla Tablet custava entre US$ 189 e US$ 269.

Para acalmar os ânimos, a empresa diz: “você pode ter certeza de que não vai acabar de mãos vazias. Podemos até ter algumas surpresas positivas esperando por você – mas mais sobre isso no futuro”. Resta ver se será possível pedir reembolso.

jolla tablet

Este é mais um revés na história da Jolla. Em julho, ela decidiu se dividir em duas: a parte principal da empresa se concentraria em desenvolver o Sailfish OS; enquanto a parte de hardware ficaria em segundo plano.

Antti Saarnio, presidente da Jolla, disse na época que iria entregar os tablets, mas “fomos desacelerados por problemas de abastecimento em certos componentes de hardware”. O foco estava no Sailfish OS, que ganhou uma versão 2.0 para smartphones Jolla (que foram lançados em 2013).

O cofundador Marc Dillon, um dos executivos mais visíveis da Jolla, deixou a empresa em setembro. Dois meses depois, depois que a Jolla não conseguiu garantir uma rodada de financiamento, ela “demitiu temporariamente boa parte de seus funcionários”.

Em meados de dezembro, a empresa conseguiu dinheiro para se manter na ativa, e disse que usaria os recursos para “avançar o desenvolvimento do Sailfish OS”. Agora, a Jolla está dedicada em licenciar seu sistema operacional para outras fabricantes.