David Gilmour começa primeira turnê no Brasil nesta sexta-feira em SP



David Gilmour começa na sexta-feira (11), em São Paulo, sua primeira turnê solo no Brasil. Cada show deve durar duas horas e meia, diz o músico. Ele toca em São Paulo, no Allianz Parque (11 e 12), Curitiba, na Pedreira Paulo Leminski (14) e Porto Alegre, na Arena do Grêmio (16). Os ingressos custam de R$ 270 a R$ 1200. Alguns setores estão esgotados (veja o serviço abaixo).

O show do ex-guitarrista e vocalista do Pink Floyd não é só de nostalgia. Quase metade das apresentações recentes mostra músicas do recém-lançado “Rattle that lock” e de “On an island” (2006). Em entrevista coletiva na quinta-feira (10), ele reforçou que não quer se apegar só ao passado. “Quero fazer mais música boa”, disse Gilmour (veja vídeo acima).

“Nem quero e nem tenho a intenção de voltar a trabalhar com esse grupo [Pink Floyd]. Temos uma história muito dolorosa”, disse o músico na entrevista coletiva. Na banda de Gilmour está o jovem saxofonista brasileiro João de Macedo Mello.

David Gilmour no Brasil

São Paulo
Datas: 11 e 12 de dezembro
Local: Allianz Parque (Av. Francisco Matarazzo, 1705 – Água Branca)
Horário: 21h
Ingressos: De R$ 320 a R$ 1200
Vendas: https://www.ingressorapido.com.br

Curitiba
Data: 14 de dezembro
Local: Pedreira Paulo Leminski (Rua João Gava, 0, Pilarzinho)
Horário: 20h
Ingressos: De R$ 480 a R$ 1040
Vendas: http://www.blueticket.com.br/

Porto Alegre
Data: 16 de dezembro
Local: Arena do Grêmio (Avenida Padre Leopoldo Brentano, 110 – Humaitá)
Horário: 21h
Ingressos: A partir de R$ 270
Vendas: http://www.blueticket.com.br/

  •  

David Gilmour (Foto: Polly Samson/Divulgação)David Gilmour (Foto: Polly Samson/Divulgação)

 





Source link

Ladrão obcecado por calcinhas escolhia vítimas baseado em geolocalização do Instagram


Aqui vai outra razão para você desligar o recurso de geolocalização de seu smartphone: a polícia diz que um suspeito foi preso na Califórnia na última semana por usar a geolocalização de posts do Instagram e do Facebook para monitorar vítimas e, na sequência, roubar suas calcinhas.

arturogalvanArturo Galvan, 44, foi preso sob a suspeita de ter roubado pelo menos seis itens na quinta-feira da semana passada (3). “Ele parecia fixado em mulheres universitárias”, disse Andrew Goodrich, do departamento de policia de Fullerton. Apesar de Galvan também ter supostamente roubado eletrônicos, a policia diz que as ações dele tem um componente sexual — especificamente, com calcinhas, sutiãs, fotos, joias, além de TVs e iPads.

Os responsáveis pela investigação dos crimes acreditam que Galvan usava as redes sociais para saber onde suas vítimas viviam, baseado na geolocalização que elas deixavam nas publicações. Ele também usava aplicativos de busca localizada para planejar quais calcinhas ele queria, de acordo com o Los Angeles Times:

Investigadores informaram que Galvan identificava suas vítimas ao andar em locais públicos em Fullerton e Orange, e procurando posts em redes sociais baseado onde essas pessoas estiveram ou tenham deixado quaisquer pistas de suas localizações, segundo a sargento Kathryn Hamel.

Caso você não queira que suas fotos tenham dados detalhados de sua localização, é possível desativar a opção de geolocalização no Android e no iOS. No aplicativo padrão de fotos do Android, arraste para esquerda, escola a opção configurações e desative a função Salvar localização. Já no iOS, vá em Ajustes > Privacidade > Serviços de localização. Vá até o item Câmera e desative a opção.

[FullertonPD | LATimes via Petapixel]

Imagens: Flickr e Polícia de Fullerton.



Source link

A estranha vida e morte de Dave Kleiman, um gênio da computação ligado às origens do Bitcoin



Cerca de duas semanas antes da sua morte, houve uma mudança em Dave Kleiman. O anteriormente generoso e vivo perito em computação forense se tornou confrontador e amargo. Naquela época, Kleiman deixou o hospital do Departamento de Assuntos de Veteranos, onde era um paciente, e ligou para seu amigo próximo e parceiro de negócios Patrick Paige para contar a novidade para ele. “Decidiram te liberar? Isso é ótimo”, Paige lembra ter perguntado.

“Não,” respondeu Kleiman. “Eu mandei os médicos irem se foder.”

>>> Craig Wright, o homem que diz ter inventado o Bitcoin, se “apagou” da internet
>>> Polícia australiana foi até a casa de Craig Wright, possível criador do Bitcoin
>>> Este australiano diz que ele e seu amigo morto inventaram o Bitcoin

David Kleiman era um veterano de guerra, um paraplégico, e um mago da computação ocasionalmente entrevistado por emissoras de TV devido ao seu conhecimento em computação forense e segurança. De acordo com uma investigação de um mês publicada pelo Gizmodo, Kleiman também era profundamente envolvido com Bitcoin. Documentos e entrevistas obtidas pelo Gizmodo e pela Wired em investigações diferentes mostram que Craig Wright, um CEO australiano, repetidamente alegou que ele e Kleiman tiveram participação na criação do Bitcoin.

Se é verdade, Kleiman parece ter deixado de acessar uma soma de dinheiro muito grande a qual ele presumivelmente teria direito como um dos arquitetos da moeda. Quando morreu, estava para ser despejado da sua casa em Palm Beach County, e ele nunca mudou do Miami VA Medical Center para um hospital melhor. Quem era Dave Kleiman, e por que ele não usou o dinheiro que tinha?

O começo da vida

Kleiman nasceu em 1967, e, de acordo com um obituário, foi adotado por Louis e Regina Kleiman de Palm Beach Gardens algum tempo depois disso. (Regina já morreu e Louis, com 94 anos, não respondeu às nossas tentativas de contato). Ele disse a amigos que começou a se interessar por tecnologia e computadores quando criança. Mas mesmo para Paige, que chama Kleiman de seu melhor amigo, o começo da sua vida é misterioso.

Em 1986, Kleiman começou a servir o Exército dos EUA como técnico de helicóptero. Ele voltou para casa em 1990 e passou a trabalhar na polícia de Palm Beach County. Seu professor durante o treinamento para a polícia foi Patrick Paige, com quem ele depois fundou uma empresa chamada Computer Forensics, LLC, em 2012. Eles eram grandes amigos. Kleiman deu a Paige seu primeiro computador, uma máquina com DOS que precisava da entrada de linhas de comando para operar, e passou a visitar Paige em sua casa para ajudar a filha dele a acessar jogos antes dos dois saírem para patrulha.

“Por que você continua com esse trabalho, com o conhecimento que tem?” Paige lembra ter questionado Kleiman enquanto eles trabalhavam. Foi no começo dos anos 90 – a revolução dos computadores pessoais estava acontecendo, e o talento de Kleiman poderia render um salário muito maior do que o que ele recebia na delegacia. Kleiman sempre respondia que seu sonho era trabalhar como agente da lei.

Então em 1995 ele sofreu um acidente de motocicleta que o deixou em uma cadeira de rodas, o que parece ter intensificado seu interesse em computação. Ele continuou pouco tempo trabalhando na delegacia com computação forense antes de perseguir um trabalho parecido como freelancer para o setor privado.

Ao longo dos anos, a reputação de Kleiman como um especialista cresceu. Quando ele participava de conferências, diz Carter Conrad, o terceiro sócio da Computer Forensics LLC, ele era conhecido como “Dave Mississippi” pela quantidade sem fim de certificado de três letras que apareciam junto ao seu nome, que, juntas, pareciam até o nome do estado dos EUA. Ele apareceu na CNN e ABC News e co-escreveu livros sobre senhas perfeitas, ameaças de segurança para empresas, e software arcana. Em relação a segurança, Kleiman praticava o que pregava: Paige e Conrad lembram assistir a ele digitar senhas de 40 a 50 caracteres para acessar seus dispositivos e arquivos, e sua rede wireless doméstica era tão segura que Paige tinha dificuldade em conseguir trabalhar enquanto estava lá. “Cara, não consigo carregar a página”, ele disse em seu escritório imitando conversas que teve com Kleiman. “Não consigo rodar esse script!”

No começo dos anos 2000, Kleiman começou a contribuir com mailing lists de segurança computacional como as mantidas pelo securityfocus.com e metzdowd.com, sendo que essa última também foi usada por Satoshi Nakamoto nos primórdios do Bitcoin.

No fim de 2010, um amigo foi a casa de Kleiman ver como ele estava, e descobriu que ele tinha caído durante o banho e não conseguia se levantar. Esse amigo chamou o resgate, e Kleiman foi levado a um hospital próximo. Pelo resto da sua vida, por causa de feridas que ficaram infectadas com SARM, Kleiman só deixava centros de tratamento médico ocasionalmente, normalmente para ajudar Conrad e Paige em um trabalho. Em outras situações, a dupla levava discos para serem examinados pelo amigo durante visitas, e ele ajudava no que conseguia. Depois de cirurgias, e ele passou por várias, Kleiman era conhecido por retornar imediatamente ao computador para começar a trabalhar.

Criação do Bitcoin

Satoshi Nakamoto apresentou o framework por trás do Bitcoin em um paper submetido à lista Metzdowd em 2008, e a primeira iteração do software em 2009. Se Dave Kleiman realmente ajudou na criação, isso deve ter acontecido antes da sua hospitalização e criação da Computer Forensics LLC, quando ele trabalhava como autônomo. Um e-mail enviado ao Gizmodo parece mostrar Wright pedindo ajuda a Kleiman com o paper alguns meses antes da sua publicação. “Preciso da sua ajuda para editar um paper que foi lançar nesse ano. Venho trabalhando em uma nova forma de dinheiro eletrônico. Bitcash, Bitcoin…”, diz. “Você sempre esteve presenta para mim, Dave. Quero que faça parte disso tudo.”

Conrad parece mais cético do que Paige que o antigo parceiro deles era uma das mentes por trás de um dos maiores mistérios da internet, mas ambos reconhecem que ele tinha habilidade para criar e manter a discrição necessária para não vazar o segredo. A descrição que Conrad usou mais frequentemente em nossas conversas sobre Kleiman era “compartimentado”: ele mantinha as partes separadas da vida dele separadas, e se você não participasse dos negócios dele, ele não falaria nada sobre isso. A descrição que Paige usou com mais frequência foi “gênio”.

Kleiman deixou o hospital Miami VA em 2013 no que marcou o começo do que Paige se refere ao seu “período unabomber”. Ele se escondeu em casa e recusou contato com o mundo exterior, incluindo seus amigos mais próximos. Ele não estava bem fisicamente. Em um momento, disse a Paige que estava tremendo e lutando contra uma febre, mas continuaria trabalhando. Em outra ocasião, disse que chamaria a polícia se Paige continuasse ligando para saber se ele estava bem.

Menos de um mês depois, Dave Kleiman foi encontrado morto em sua casa. De acordo com relatos oferecidos pelo Palm Beach County Medical Examiner Office, a cena da morte de Kleiman era nojenta. Seu corpo estava em decomposição, havia trilhas de sangue e matéria fecal deixadas pela cadeira de rodas, garrafas abertas de álcool, e uma arma carregada ao seu lado. Um buraco de bala no colchão pode sugerir suicídio ou um acidente, mas nenhuma cápsula de bala foi encontrada, o que pode significar que ele atirou e teve tempo de limpar antes de morrer. A causa oficial da sua morte é natural, e Conrad lembra ter ouvido que a SARM parou o coração dele.

Mas e o dinheiro?

O fim de vida miserável do parceiro é o maior ponto de discórdia de Paige e Conrad em relação à ideia de que Kleiman esteve envolvido com o Bitcoin. Ele nunca pediu dinheiro, mas seus amigos frequentemente escreviam cheques com a esperança de mantê-lo bem mesmo quando sua condição era péssima.

Os documentos fornecidos ao Gizmodo incluem o que parece ser um rascunho não finalizado de um contrato de truste mostrando Wright confiando a Kleiman 1,1 milhão de Bitcoin em 2011. Isso equivale a centenas de milhões de dólares, mas de acordo com o contrato, o dinheiro deveria ser devolvido a Wright no futuro. O senso de honra de Kleiman pode ter feito ele não acessar o dinheiro que não acreditava pertencer a ele, mesmo nas piores condições, segundo Conrad.

Enquanto estava vivo, Kleiman mantinha um drive USB sempre consigo. Paige acredita que ele era feito pela Corsair – uma empresa que faz produtos com “acabamento de alumínio anodizado nível de aviação”. Se ele realmente possui uma fortuna digna de Satoshi Nakamoto, ela pode estar nesse dispositivo.

De acordo com Paige, o drive foi passado para o irmão de Kleiman, Ira, que se recusou a falar sobre o caso. Mas mesmo que os Bitcoins estejam lá dentro, recuperá-los não será fácil como simplesmente copiar arquivos de um drive USB convencional. Kleiman, um homem especializado em segurança, trancou tudo o que tinha com uma criptografia tão forte que até amigos com muito conhecimento em criptografia duvidam que conseguirão quebrar. “Se você me dissesse que tem um milhão de dólares no computador de Dave nessa sala, eu nem me daria ao trabalho de procurar,” disse Paige. “Seria uma perda de tempo.”



Source link

Apple elege Periscope como melhor aplicativo de 2015



A Apple anunciou sua seleção de melhores apps do ano para suas plataformas. São aplicativos e jogos que se destacaram em 2015 para iPhone, iPad, Mac, Apple TV e Apple Watch — e ótimas sugestões para você instalar e usar.

O melhor app para iPhone de 2015, segundo a App Store, é o Periscope, desenvolvido pelo Twitter para fazer transmissões de vídeo ao vivo. Já no iPad, o app A Fábrica de Robôs levou o prêmio. Também foram premiados o HBO Now (melhor app para Apple TV), o app de previsão do tempo Dark Sky (melhor aplicativo para Apple Watch) e o editor de imagens Affinity Photo (melhor app para Mac).

A empresa também criou subcategorias para apps que souberam tirar proveito de seus lançamentos recentes: o Instagram venceu o prêmio de melhor app para iPhone 6s — “O uso espetacular de Peek, Pop e Ações Rápidas torna este clássico irresistível”, diz a App Store — e o aplicativo de design uMake levou o troféu de melhor app para iPad Pro.

Nacionais

A lista de melhores apps da App Store varia de país para país, o que permite premiar apps locais, mais adaptados às necessidades de cada público. Na lista brasileira, o guia de lugares Kekanto, feito no Brasil, foi um dos finalistas do prêmio de melhor app para iPhone. Outro produto nacional que foi lembrado pela Apple é o Nubank, cartão de crédito administrado através de um aplicativo, que ganhou o prêmio de app mais inovador para iPhone.


Veja a lista completa e aproveite — alguns apps estão comemorando os prêmios com descontos para quem for comprar:

iPhone

App do ano: Periscope

Apps finalistas: Enlight e Kekanto

Mais inovador: Nubank

Melhor app no iPhone 6s: Instagram

Jogo do ano: Lara Croft GO

Jogos finalistas: The Mesh e Fallout Shelter

Jogo mais inovador: Dark Echo

Melhor jogo no iPhone 6s: Warhammer 40,000: Freeblade

iPad

App do ano: A Fábrica de Robôs

Finalistas:LiquidText e Enlight

Mais inovador: PlayKids Talk

Melhor app no iPad Pro: uMake

Jogo do ano: Horizon Chase – World Tour

Finalistas: Rayman Adventures e Implosion

Mais inovador: Her Story

Melhor no iPad Pro: Warhammer 40,000: Freeblade

Mac

App do ano: Affinity Photo

Finalista: PDF Expert

Jogo do ano: Pillars of Eternity

Finalista: Hand of Fate

Apple TV

App do ano: HBO Now

Jogo do ano: Rayman Adventures

Apple Watch

App do ano: Dark Sky

Jogo do ano: Rules!

Veja mais sobre



Source link

Skype agora traduz conversas de áudio em português brasileiro em tempo real


O Skype Translator é uma das tecnologias mais fantásticas disponíveis atualmente: é só falar em seu idioma nativo que ele traduz, em áudio e em tempo real, para a língua da outra pessoa. E agora, ele está mais útil do que nunca para nós, brasileiros: o português brasileiro foi adicionado hoje aos idiomas suportados.

O suporte ao idioma foi apresentado, ainda em fase de testes, no evento para desenvolvedores Microsoft Insights, realizado em 24 e 25 de setembro em São Paulo, mas só foi liberado agora para o público. O blog da Microsoft Brasil ressalta a importância da adição do idioma:

O Português Brasileiro é um dos idiomas mais falados do mundo, e a notícia de hoje é mais um passo do Skype na sua missão de ajudar as pessoas a conectarem-se por meio de conversas, de maneira fácil e simples, independentemente da língua que você fale ou de onde esteja no mundo.

Lançado há cerca de um ano, o Skype Translator chegou primeiro como um app separado, limitado por convites, e com suporte limitado a inglês e espanhol para áudio. Ele ganhou suporte a mais idiomas, foi aberto a todos e, finalmente, integrado ao Skype para Windows.

O português brasileiro é o sétimo idioma suportado pela tradução de áudio em tempo real do Skype — inglês, francês, italiano, mandarim, alemão e espanhol são as outras seis.  Além disso, a ferramenta está disponível para mensagens de texto em mais de 50 idiomas.

skype-translator-2

 

Para usar o recurso, basta instalar ou atualizar seu Skype para Windows — outras plataformas ainda não têm o recurso. E aí, pronto para falar com o mundo em português? [Blog da Microsoft Brasil]



Source link

Wiz Khalifa anuncia show em São Paulo no dia 31 de janeiro



O rapper Wiz Khalifa em cena do clipe de 'See you again'; o clipe da faixa de 'Velozes e Furiosos 7', em homenagem a Paul Walker, foi o vídeo musical mais visto do YouTube em 2015 (Foto: Reprodução)O rapper Wiz Khalifa em cena do clipe de ‘See you again’; o clipe da faixa de ‘Velozes e Furiosos 7’, em homenagem a Paul Walker, foi o vídeo musical mais visto do YouTube em 2015 (Foto: Reprodução)

O rapper Wiz Khalifa vai fazer um show em São Paulo no dia 31 de janeiro de 2016. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (10). Os ingressos inteiros vão de R$ 180 a R$ 340 (veja serviço completo abaixo).

Wiz Khalifa já estava confirmado no festival Planeta Atlântida, que acontece nos dias 29 e 30 de janeiro no Rio Grande do Sul. Veja a programação completa do Planeta Atlântida.

O clipe de “See you again”, de Wiz Khalifa, foi o mais visto do ano no YouTube. A canção está na trilha sonora do filme “Velozes e Furiosos 7” e  é uma homenagem ao ator Paul Walker, morto no fim de 2013.

A faixa, feita em parceria com Charlie Puth, já teve mais de 1,2 bilhão de reproduções no perfil oficial do artista.

Serviço: Wiz Khalifa em São Paulo
Data: 31 de janeiro de 2016 (domingo)
Local: Espaço das Américas
Endereço: Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda
Horário: 19h (abertura da porta) / 21h (horário show)
Ingressos:
Pista Premium: R$ 340,00 (inteira) / R$ 170,00 (meia entrada)
Pista: R$ 180,00 (inteira) / R$ 90,00 (meia entrada)
Mezanino: R$ 340,00 (inteira) / R$ 170,00 (meia entrada)
Venda online: www.ingressorapido.com.br 
Abertura de vendas pela Internet: a partir de 11 de dezembro de 2015, sexta-feira, à 0h01





Source link

Por que a NASA está construindo uma bola de futebol gigante?


A NASA quer fazer um golaço, mas bem diferente daqueles que a gente vê nos campos de futebol: ela quer colocar um astronauta americano em Marte. E não, ele não vai viajar dentro da bola.

Esta bola branca brilhante — um “radomo”, mistura de radar e domo, que está no Centro Espacial Kennedy da NASA, na Flórida — é um dos vários passos no desenvolvimento de sistemas terrestres, o que crucial para alcançar a meta. Na foto acima, você vê técnicos construindo a esfera, que é uma cápsula protetora contra o clima para uma nova antena de banda S (aquela coisa na esquerda). A antena foi projetada para fornecer uma complexa capacidade de monitoramento, depois do lançamento do foguete Space Launch System da agência espacial. Quando terminada, a antena irá combinar voz, vídeo, telemetria, comandos, monitoramento e alcance num único sistema. Uma solução bem esperta.

d1p1zojeeknin4p9eoqgm6igk9eh4ezpepjcqti4



Source link

Facebook mexe no Feed de Notícias para exibir publicações mesmo que a conexão esteja ruim



O Facebook vem constantemente tentando melhorar a experiência de uso para pessoas com conexão instável de internet, e o próximo recurso a ser adaptado para velocidades baixas é o Feed de Notícias.

>>> Facebook Lite, app que usa menos do seu pacote de dados, chega ao Brasil

O Facebook anunciou um esforço para tornar o Feed de Notícias acessível mesmo para quem depende de conexões 2G nem um pouco confiáveis e frequentemente se pegam tentando carregar a rede social sem sucesso. Para não deixar o usuário sem conteúdo novo para ler, o Facebook vai passar a exibir posts antigos que a pessoa ainda não leu. O blog de engenharia da rede social explica:

Sempre que alguém carrega o Feed de Notícias, nós mostramos as histórias mais recentes e relevantes para cada pessoa. Mas a maioria dessas pessoas não rola a tela por todas as histórias disponíveis quando estão no Feed de Notícias.

No passado, se você estiver com uma conexão ruim ou sem acesso à internet, precisava esperar as histórias carregarem quando abria o Feed de Notícias. Estamos testando uma atualização na qual buscamos todas as histórias baixadas anteriormente presentes no seu smartphone e que talvez você não tenha visto ainda, e mostramos com base em relevância. Também levamos em conta se as imagens para essa história estão disponíveis. Dessa forma, podemos exibir posts relevantes imediatamente em vez de fazer você esperar pelas novas histórias. Quando o recebemos novos posts do servidor quando você está online, carregamos e classificamos esses posts normalmente.

Então em vez de deixar você olhando para o nada quando sua conexão estiver ruim, o Facebook vai resgatar publicações antigas que você pode não ter visto.

E se você quiser fazer algum comentário em alguma dessas publicações, o Facebook também tem uma forma de que você não saia prejudicado por ter uma conexão instável: é possível escrever comentários offline para postá-los apenas quando estiver conectado. [Facebook]



Source link

David Gilmour promete duas horas e meia de show em turnê no Brasil



David Gilmour começa na sexta-feira (11), em São Paulo, sua primeira turnê no Brasil. Mas o show do ex-guitarrista e vocalista do Pink Floyd não é só de nostalgia. Quase metade das apresentações recentes mostra músicas do recém-lançado “Rattle that lock” ou de “On an island” (2006). Em entrevista nesta quinta, ele reforçou que não quer se apegar só ao passado. “Quero fazer mais música boa”, disse Gilmour (veja vídeo acima).

Cada show deve durar duas horas e meia, diz o músico. Ele toca em São Paulo, no Allianz Parque (11 e 12), Curitiba, na Pedreira Paulo Leminski (14) e Porto Alegre, na Arena do Grêmio (16). Os ingressos custam de R$ 270 a R$ 1200. Alguns setores estão esgotados.

David Gilmour no Brasil

São Paulo
Datas: 11 e 12 de dezembro
Local: Allianz Parque (Av. Francisco Matarazzo, 1705 – Água Branca)
Horário: 21h
Ingressos: De R$ 320 a R$ 1200
Vendas: https://www.ingressorapido.com.br

Curitiba
Data: 14 de dezembro
Local: Pedreira Paulo Leminski (Rua João Gava, 0, Pilarzinho)
Horário: 20h
Ingressos: De R$ 480 a R$ 1040
Vendas: http://www.blueticket.com.br/

Porto Alegre
Data: 16 de dezembro
Local: Arena do Grêmio (Avenida Padre Leopoldo Brentano, 110 – Humaitá)
Horário: 21h
Ingressos: A partir de R$ 270
Vendas: http://www.blueticket.com.br/

  •  

David Gilmour (Foto: Polly Samson/Divulgação)David Gilmour (Foto: Polly Samson/Divulgação)

 





Source link

Coldplay: Ingressos para show em SP estão esgotados na venda online



Os ingressos do show do Coldplay em São Paulo para venda online estão esgotados. Os ingressos para o público geral foram postos a venda a partir desta quinta-feira (10), à 0h01, no site Tickets For Fun. Há também pontos de venda (veja a lista).

As apresentações da “A head full of dreams tour” acontecerão em São Paulo (Allianz Parque) no dia 7 de abril, e no Rio de Janeiro (Maracanã) no dia 10 de abril. Assista acima a vídeo com faixa a faixa do novo disco.

É a primeira turnê mundial da banda desde “Mylo Xyloto Tour”, de 2011 e 2012, que foi vista por mais de três milhões de pessoas em cinco continentes. A nova turnê inclui os primeiros shows do grupo da América Latina desde 2010, sendo a estreia do Coldplay no Peru.

“A Head Full Of Dream”s, lançado no dia 4 de dezembro, é a continuação do último álbum, “Ghost Stories”, que foi o sexto trabalho consecutivo da banda a chegar entre os primeiros nas paradas de todo o mundo.

Coldplay em São Paulo
Quando: quinta-feira, 7 de abril de 2016
Horário: 21h
Local: Allianz Parque – Rua Turiassú, 1840 – Perdizes, São Paulo
Ingressos: de R$ 120 a R$ 680
Classificação etária: de 10 a 13 anos é permitida a entrada acompanhado de um responsável. A partir de 14 anos é permitida a entrada desacompanhado

Coldplay no Rio de Janeiro
Quando:
domingo, 10 de abril de 2016
Horário: 21h
Local: Estádio do Maracanã – Rua Professor Eurico Rabelo, Maracanã, Rio de Janeiro
Ingressos: de R$ 100 a R$ 680

Coldplay (Foto: Divulgação/Julie Kennedy)Coldplay (Foto: Divulgação/Julie Kennedy)





Source link